Buemi encaminha acordo para deixar Nissan e substitui Frijns na Envision em 2023

A Envision se mexeu para garantir um substituto à altura para Robin Frijns — de saída para a Abt — e fechou com Sébastien Buemi, atualmente na Nissan e campeão da Fórmula E na temporada 2015/2016

FÓRMULA E FECHA METADE DA TEMPORADA COM BRIGA ACESA PELO TÍTULO EM 2022

Com a saída de Robin Frijns para a Abt pendente apenas de uma confirmação inicial, a Envision já foi em busca de outro piloto para substituir o neerlandês na temporada 2022/2023 da Fórmula E — que marca a estreia dos carros Gen3 na categoria. E o escolhido foi ninguém menos do que Sébastien Buemi, campeão da FE em 2016 e atualmente na Nissan.

O suíço é o único piloto a permanecer na mesma equipe desde seu início na Fórmula E, no eP de Pequim de 2014, e será a primeira vez que não participará do grid por equipes de Renault ou Nissan. De acordo com o portal inglês The Race, as negociações teriam chegado a uma conclusão no eP de Berlim, última etapa disputada pela Fórmula E, e Buemi será companheiro de Nick Cassidy na Envision.

A equipe chinesa baseada em Silverstoneque vai correr com motores da Jaguar na próxima temporada — já buscava um companheiro de equipe para Cassidy desde que Frijns encaminhou acordo com a Abt, que retornará ao grid em 2023. Buemi, por sua vez, também procurava por novos ares após um projeto abaixo da crítica da Nissan na Gen2, pretendendo conseguir um carro com rendimento superior na geração seguinte.

▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Buemi faz sua última temporada pela Nissan em 2022 longe da briga pelo título (Foto: Fórmula E)

A Nissan, por sua vez, agora vai em busca de um substituto para Buemi. A equipe — que fechou acordo com a McLaren para fornecer o trem de força da escuderia britânica na próxima temporada — confirmou que a busca para o ano que vem é por um “piloto experiente”, o que casa com as características de uma reposição ao suíço.

“Também podemos olhar para os novatos, mas nunca teremos uma equipe com dois novatos. Isso não faria nenhum sentido”, afirmou Tommaso Volpe, chefe da Nissan, ainda em Berlim. “Então, definitivamente teremos pelo menos um piloto experiente. Isso é algo que qualquer grande fabricante provavelmente confirmaria a você, e a Nissan não é uma exceção”, prosseguiu.

Do outro lado da garagem, Maximilian Günther ainda não teve seu futuro confirmado. Ainda nas palavras de Volpe, o alemão tem feito um bom trabalho na equipe — pela qual disputa sua primeira temporada após passagens por Dragon e BMW —, mas o foco em outros assuntos impede uma confirmação oficial de sua permanência no momento.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Maximilian Günther ainda aguarda para saber seu futuro no ano que vem, mas tendência é de que fique na Nissan (Foto: Fórmula E)

“Estamos felizes com ele [Günther], para ser honesto, ele fez um bom trabalho”, afirmou. “De certa forma, temos informações o suficiente para ajudá-lo e para dizer que ele fez um trabalho legal. Mas novamente, ainda não decidimos nossa dupla de pilotos para a próxima temporada porque existem muitas outras coisas para serem levadas em consideração”, salientou.

As “outras coisas” mencionadas por Volpe dizem respeito à reestruturação que a Nissan vem passando nos últimos meses, principalmente com a decisão de comprar a parte da E.dams na equipe e assumir o controle total do time. Conforme a fabricante se aproxima da fase de testes da Gen3, novos objetivos estão sendo traçados para o futuro.

“A razão pela qual a Nissan comprou essa equipe é porque sabemos que temos muito talento e também a possibilidade de atrair mais talento, o que é nosso objetivo”, explicou. “Queremos construir em cima do que já temos. Os dois objetivos-chave que temos são tirar mais vantagem do talento que temos na equipe e maximizar a sinergia entre os engenheiros em desenvolvimento e o resto do time”, completou.

LEIA MAIS
Fórmula E chega à metade da temporada com briga acesa pelo título em 2022
De Vries vence em Berlim e respira em ano melancólico pós-título na Fórmula E
DS Techeetah aproveita declaração e convida Vettel para testar carro da Fórmula E

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Escanteio SP.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar