FE

Sem ameaças, Cacá Bueno lidera do começo ao fim e vence pela primeira vez no eTrophy em Sanya

A pole-position foi meio caminho andado para Cacá Bueno. O brasileiro tirou proveito de uma corrida de raras ultrapassagens em Sanya e liderou todas as voltas da etapa do Jaguar eTrophy, levando a primeira vitória na temporada

Grande Prêmio / VITOR FAZIO, de Berlim
Depois de um começo de dificuldades, a temporada de Cacá Bueno no Jaguar eTrophy parece começar a se encaixar. O piloto brasileiro, pole na etapa deste sábado (23) em Sanya, fez uma prova tranquila e alcançou a primeira vitória no certame elétrico.
 
A vitória de Cacá começou a se desenhar já na largada, sem mudanças de posição nas primeiras duas filas. É que a falta de alterações permitiu que o brasileiro, pole e ainda líder, tivesse uma vantagem confortável sobre Simon Evans. O neozelandês, por sua vez, se preocupava mais com a aproximação de Bryan Sellers, que viria a completar o pódio.
 
Sérgio Jimenez, com uma corrida mais arrojada, fez as ultrapassagens possíveis e subiu para o quarto lugar. Stefan Rzadzinski completou o top-5. Katherine Legge foi sexta. A zona de pontos ainda teve Bandar Alesayi, Yaqi Zhang, David Cheng e Ahmed Bin Khanen. O único abandono foi de Tao Wang.
Cacá Bueno, agora vencedor no eTrophy (Foto: Divulgação)
 
"Estou muito feliz e aliviado, porque fiz uma estupidez em Hong Kong", comentou Cacá. "Fui mais cuidadoso aqui, fiz uma boa volta no começo para conseguir um espaço e depois pego leve com os pneus e os freios - e a mesma coisa na relargada. Estou feliz, mas estou mais aliviado. Ganhei a corrida, mas agora é momento para olhar para a frente e pensar no campeonato. Preciso diminuir a diferença [para os líderes]", seguiu.
 
"Estava 46°C dentro do carro, mas é OK, no Brasil eu corro com mais calor que isso. O mais complicado era construir o gap de novo. A corrida nunca é fácil, mas agora eu penso muito mais, depois da última corrida, e venci a corrida, ainda bem. Encontrei o ritmo, fiz duas poles seguidas - não fui o cara mais rápido na classificação: fiz todos os meus melhores setores na mesma volta. Agora quero melhorar meu campeonato depois dessa corrida", destacou.

A vitória leva o brasileiro aos 44 pontos no campeonato, 13 atrás do líder Sellers, mesmo que ainda na quinta colocação. Jimenez é o quarto, somando 45.

A próxima etapa do Jaguar eTrophy é em Roma, na Itália, em 13 de abril.

Saiba como foi a etapa de Sanya do Jaguar eTrophy

A largada foi tranquila em Sanya. Cacá Bueno tirou proveito da pole-position e da curta distância até a primeira curva para seguir líder sem muitos dramas. Simon Evans e Bryan Sellers também mantinham posição. O top-5 sem mudanças em relação à largada se completava com Stefan Rzadzinski e Sérgio Jimenez em quarto e quinto, respectivamente.
 
A verdadeira briga por posição só foi aparecer na volta 3. Katherine Legge, largando mais atrás do que de costume, tentava reverter o sétimo lugar no grid.ao passar Bandar Alesayi, sexto. Depois de uma ousada tentativa por fora na última curva, a pilota optou por algo mais convencional no hairpin – seria mais eficiente, rendendo a posição.
 
Mais atrás, Tao Wang representava o primeiro abandono da prova. O chinês, depois de algumas pancadas, ficou parado na área de escape do hairpin. O incidente, apesar de simples, exigiu uma bandeira vermelha da direção de prova.

Foram longos dez minutos sem corrida, esperando a liberação da pista. A relargada poderia ser um problema para Cacá, mas não foi: o brasileiro não teve problemas para voltar a construir alguma vantagem sobre Evans, que sofria para responder. A maior preocupação do segundo colocado era o terceiro, já que Sellers aparecia menos de 1s atrás.
 
Apesar da proximidade, pouco haveria de mudar. A corrida de 12 voltas tinha apenas duas pela frente, tempo insuficiente para Sellers ensaiar a tomada do segundo lugar. A bandeira quadriculada logo foi agitada, sinalizando a vitória de Cacá em solo chinês.