Veloce anuncia Chadwick na temporada de estreia da Extreme E em 2021

A equipe anunciou a inglesa como o primeiro nome da dupla para a temporada 2021. A atual campeã da W Series vai fazer sua estreia em competições off-road

Jamie Chadwick vai estar no grid da temporada de estreia da Extreme E. Nesta quarta-feira (25), a Veloce anunciou a inglesa como o primeiro nome da equipe, promovendo também a estreia da pilota em provas off-road.

A categoria, que promove a igualdade de gênero, é a primeira off-road elétrica do mundo. O conceito da competição é de ser uma nova maneira de entretenimento e correr em ambientes remotos para promover alertas das mudanças climáticas nesses ecossistemas. O calendário, que conta com cinco etapas, passa pelo Brasil, em Santarém, no Pará. A abertura da temporada acontece nos dias 20 e 21 de março, na Arábia Saudita.

“Estou orgulhosa de pilotas para a Veloce em um campeonato tão revolucionário como as Extreme E. Estive envolvida com a equipe por um longo tempo e são como uma família para mim, estou incrivelmente honrada em ser sua pilota em um campeonato tão animador e importante”, disse a competidora de 22 anos.

“As mudanças climáticas são algo que afeta a todos nós, então, estou ansiosa para começar a fazer minha parte para lutar contra isso. Posso dizer que testar o carro foi uma das experiências mais divertidas que já tive em minha carreira até o momento”, continuou.

Chadwick faz a estreia na Extreme E pela Veloce (Foto: Reprodução)

“Mal posso esperar para ir até os incríveis locais onde correremos no ano que vem. Esses são alguns dos mais belos e perigosos locais de nosso planeta. Tanto dentro quanto fora da pista, promete ser uma jornada recompensadora”, concluiu a atual campeã da W Series.

A pilota de desenvolvimento da Williams já tem experiência com carros elétricos, participando do teste de novatos da Fórmula E com a NIO e Jaguar. Na última semana, testou o Odyssey 21 da Extreme E em Fontjoncouse, no sul da França.

“Conquistando títulos em carros esportivos e monopostos, não há razão para que não transfira as habilidades e vença na Extreme E, que promete ter um grid de alto calibre. Seu primeiro teste no carro durante nosso shakedown na França, na última semana, foi muito positivo e um começo encorajador”, disse Ian Davis, chefe da Veloce.

“Sua experiência nos monospostos e competições de GT foram importantes em um primeiro desenvolvimento do carro, além de ter significativo input em nossos refinamentos de engenharia”, emendou o dirigente.

“Jamie tem conhecimento de que o off-road é completamente novo para ela, mas aprende rápido e escuta cuidadosamente tudo o que dizemos, trabalhou bem com os engenheiros, levou tudo para dentro do carro e, o mais importante, ficou cada vez mais rápida a cada volta”, encerrou.

Em 2020, com o cancelamento da temporada 2020 da W Series por conta da pandemia, a competidora nascida em Bath disputou o campeonato da Fórmula Regional Europeia pela Prema, terminando o campeonato na décima posição com um terceiro lugar como melhor resultado.

Lewis Hamilton e Nico Rosberg estarão envolvidos com a Extreme E desde seu ano de estreia. Os ex-companheiros de Mercedes anunciaram equipes no grid, a X44 e Rosberg Extreme Racing, respectivamente.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube