FE

Vergne supera Lotterer em 1-2 da DS Techeetah no TL1 em Berna. Di Grassi é 3º

O primeiro treino livre para o eP de Berna terminou com os dois pilotos da DS Techeetah nas posições de frente. Jean-Éric Vergne, líder do campeonato, ficou na frente de André Lotterer, o terceiro da competição. Lucas Di Grassi ficou com o terceiro posto, enquanto Felipe Massa terminou na 14ª colocação

Grande Prêmio / PEDRO HENRIQUE MARUM, do Rio de Janeiro
Claro que o fato do treino classificatório emparelhar os cinco primeiros colocados do campeonato no grupo mais desfavorecido pelas condições de pista acaba por diminuir os resultados anteriores, mas o dia começou animador para a DS Techeetah. Líder do campeonato de Construtores, o time franco-chinês terminou por dominar a tabela final de tempos do primeiro treino livre para o eP de Berna, no começo da manhã deste sábado (22). Jean-Éric Vergne à frete de André Lotterer num 1-2.
 
Vergne, ponteiro do campeonato de Pilotos, surpreendeu ao cravar 1min19s281 a pouco mais de 5min para o fim do treino. Naquele momento, com modo ataque acionado, o tempo era mais de 1s1 melhor que o segundo colocado. O resto do grid se aproximou, mas não mais que os 0s111 de Lotterer - terceiro do campeonato.
 
Atrás dos dois, nenhuma coincidência, estava o segundo colocado do campeonato: Lucas Di Grassi, com o tempo 0s159 mais lento que o de Vergne. O quarto colocado foi Robin Frijns, outro dos postulantes ao título da Fórmula E com três etapas para o fim. E António Félix da Costa? Esse foi apenas 16º colocado.
Jean-Éric Vergne (Foto: DS Techeetah)
Mitch Evans ficou com a quinta colocação, seguido por Daniel Abt, Maximilian Günther, Edoardo Mortara, Jérôme D'Ambrosio e Tom Dillmann completaram o top-10. Felipe Massa ficou com a 14ª colocação de um treino sem grandes sobressaltos. 
 
O segundo treino livre está marcado para as 6h15 (de Brasília). Veja o restante dos horários da Fórmula E em Berna

Confira como foi o TL1:
 
O dia começou às 7h55 (locais) com um envergonhado sol aparecendo entre as nuvens na capital suíça enquanto a previsão do tempo apontava uma chuva com descargas elétricas para aparecer nas horas seguintes. 
 
De cara, quem saiu andando rápido foi André Lotterer, com a DS Techeetah, mas as voltas evoluíam com velocidade no começo do dia. Jean-Éric Vergne, Sébastien Buemi e Mitch Evans lideraram nos primeiros dez minutos. Maximilian Günther tomara a liderança e perdera em seguida novamente para Evans, mas recupera. E André Lotterer chega ao 15º minuto com a ponta.
 
No meio disso tudo, os comissários já haviam testado o sistema de full course yellow após cinco minutos e começaram a aparecer a sequência: os dois pilotos da Venturi, Edoardo Mortara e Felipe Massa, foram colocados sob investigação por andar acima do limite de energia permitido durante o período com o regen acionado. 
 
Sem tantas mudanças na liderança nos minutos seguintes, alguém apareceu por deixar a pista: José María López, que ainda busca se recuperar da dolorida derrota da semana passada nas 24 Horas de Le Mans. O argentino foi para a área de escape na curva 1.
 
Com quase todos os pilotos nos boxes após 20 minutos, Pascal Wehrlein aproveitou a pista vazia e fez uma volta mais representativa para liderar: 1min22s217. Mas não ficaria muito tempo, porque Oliver Rowland tomaria a dianteira pouco depois e entregaria a Stoffel Vandoorne na sequência. O belga da HWA era o primeiro a chegar na casa de 1min21s.
 
Na chegada à marca de 30 minutos de sessão, Massa quase perdeu o controle do carro na curva 7, mas segurou com habilidade para ficar na pista. Evans retomou a ponta na frente, mas Sam Bird é que foi o primeiro a ingressar na casa de 1min20s. E Lucas Di Grassi a despeito de pegar bastante tráfego à frente, conseguiu baixar um pouco mais de chegar a 1min20s849. O piloto da Audi estava com modo ataque acionado e terminou com a liderança mesmo completando a volta grudado em António Félix da Costa.


Agora, nos últimos 10 minutos, com a hora de acionar o modo ataque e preparar para a classificação, começavam a happy hour. Edoardo Mortara fez a torcida comemorar, foi à ponta, mas foi breve. Wehrlein recuperou, mas nada comparado ao que Vergne faria na sequência: 1min19s281. O líder do campeonato colocava 1s1 no segundo colocado. 

Nos minutos seguintes, os cinco finais, quem mais se aproximou foi o companheiro Lotterer, mas nada mais que 0s111. Di Grassi encostou também e ficou com o francês na alça de mira, com 1min19s440. Frijns - mesmo com uma escorregada divertida para fechar a sessão -, Evans, Abt, Günther, Mortara e Jérôme D'Ambrosio ficaram todos com voltas na casa de 1min19s, enquanto Tom Dillmann fechou o top-10.

FE, eP de Berna, TL1, Resultado Final:

1 J.E VERGNE DS Techeetah 1:19.281  
2 A LOTTERER DS Techeetah 1:19.392 +0.111
3 L DI GRASSI Audi 1:19.440 +0.159
4 R FRIJNS Virgin Audi 1:19.633 +0.352
5 M EVANS Jaguar 1:19.744 +0.463
6 D ABT Audi 1:19.895 +0.614
7 M GÜNTHER Dragon Penske 1:19.931 +0.650
8 E MORTARA Venturi 1:19.957 +0.676
9 J D'AMBROSIO Mahindra 1:19.986 +0.705
10 T DILLMANN NIO 1:20.104 +0.823
11 S VANDOORNE HWA Venturi 1:20.161 +0.880
12 J.M LÓPEZ Dragon Penske 1:20.168 +0.887
13 A LYNN Jaguar 1:20.208 +0.927
14 F MASSA Venturi 1:20.222 +0.941
15 O ROWLAND Nissan 1:20.229 +0.948
16 A FÉLIX DA COSTA BMW 1:20.245 +0.964
17 S BIRD Virgin Audi 1:20.360 +1.079
18 P WEHRLEIN Mahindra 1:20.408 +1.127
19 A SIMS BMW 1:20.739 +1.458
20 S BUEMI Nissan 1:21.074 +1.793
21 G PAFFETT HWA Venturi 1:21.222 +1.941
22 O TURVEY NIO 1:21.556 +2.275


Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.