FE

Virgin revela permanência da dupla Bird e Frijns para temporada 2019/20

Sylvain Filippi, diretor-esportivo da Virgin, confirmou que Sam Bird e Robin Frijns estão com contrato vigente e vão permanecer na equipe para a temporada 2019/20. É a primeira vez que o time inglês vai manter a dupla por dois anos

Grande Prêmio / Redação GP, do Rio de Janeiro
A Virgin vai manter sua dupla de pilotos para a temporada 2019/20. Desta forma, vai ser a primeira vez nos seis anos da categoria que a equipe inicia duas temporadas seguidas com o mesmo par de pilotos, no caso Sam Bird e Robin Frijns. A afirmação da permanência foi feita por Sylvain Filippi, diretor-esportivo do time anglo-chinês.
 
De acordo com Filippi, Bird e Frijns estão certos. "Garantidos e felizes. É excelente não ter que me preocupar sobre pilotos para a próxima temporada", falou ao site inglês 'E-Racing365.com'. A equipe ocupa a terceira colocação do campeonato, com 137 pontos contra 188 da DS Techeetah e 163 da Audi.
 
Bird está na equipe desde a criação da Fórmula E, em 2014, e é um dos únicos dois pilotos que venceu corridas em cada uma das temporadas. O estreante Frijns, por outro lado, entrou no começo da atual jornada após dois anos fora do grid. Na briga pelo título, tem contrato vigente. 
Robin Frijns é um sujeito relaxado (Foto: Virgin)
"Com Robin, temos um contrato multianual, então ele estará aqui na próxima temporada. Não houve problema com o programa dele no DTM nessa temporada. As datas estão OK, não houve conflitos. Estamos felizes, Robin está feliz, então vamos buscar a continuidade dessa forma", afirmou.
 
Filippi ainda garantiu que o acordo com Frijns nada teve a ver com a Audi - que é fornecedora de motor da Virgin e também é a montadora que o piloto holandês defende no DTM.
 
"Nós somos o programa principal de Robin, mas quando a Audi ofereceu a ele uma vaga, algo que aconteceu muito depois do nosso acordo, dissemos que era OK. Creio que é positivo que os pilotos corram o máximo possível, assim como Sam no WEC, contanto que não tenha impacto no que fazemos aqui", seguiu.
 
Os dois pilotos já venceram corrida na temporada 2018/19: Bird levou em Santiago, enquanto Frijns faturou em Paris. Apesar de Sam ter se afastado dos ponteiros do campeonato, Robin tem 81 pontos e está somente 21 atrás do líder Jean-Éric Vergne.

Jaime Alguersuari, Jean-Éric Vergne, José María López e Alex Lynn foram os pilotos que começaram as primeiras quatro temporadas da FE ao lado de Bird.


Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.