Wehrlein destaca que “pilotos ainda fazem a diferença” no grid da FE: “Talvez seja o melhor do esporte”

Pascal Wehrlein está impressionado com aquilo que viu da Fórmula E nos testes coletivos de pré-temporada, realizados em Valência. Segundo o alemão, o grid da categoria elétrica não deve nada ao da F1

A esperança por uma vaga no grid da F1 caiu por terra para Pascal Wehrlein. Depois disso, a decisão que o campeão do DTM tomou foi partir para a Fórmula E que cortejava sua disponibilidade. Acertado com a Mahindra, Wehrlein está impressionado com a qualidade do grid da categoria dos bólidos elétricos.
 
O ex-piloto de Sauber e Manor exaltou a força e o equilíbrio do grid da FE durante os testes coletivos de pré-temporada, realizados em Valência.
 
"Creio que o nível médio dos pilotos aqui é realmente alto. Olha a lista de inscritos na Fórmula E: é incrível. Há tantos bons pilotos, o que é ótimo, porque você quer competir com os melhores. Talvez seja o grid mais forte no automobilismo", disse ao site inglês 'E-Racing365.com'.
 
Wehrlein também destacou que a FE permite que pilotos tenham um efeito maior na totalidade de seus projetos na relação com a F1.
Pascal Wehrlein (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)

"Eu quero primeiro ser competitivo e depois competir contra ótimos pilotos. [Na FE] ainda é possível que os pilotos façam a diferença e encaminhem a equipe para uma direção positiva com ajustes e ferramentas que temos aqui. Eu gosto desse desafio. É diferente da F1 nesse sentido", seguiu.

 
O alemão também garantiu que terá outra atividade em paralelo com a FE. Com o contrato com a Mercedes terminando em dezembro, até a permanência no DTM para a temporada 2019 é uma possibilidade.
 
"Neste momento, tenho certeza que vou fazer outra coisa. A temporada termina em julho, então vai sobrar muito tempo para fazer outras coisas", encerrou o piloto, que não quer voltar a andar de protótipos.
 
A temporada da FE começa em 15 de dezembro.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube