Grande Prêmio

"Classificação que dá certo tem potencial de deixar corridas chatas", diz PH Marum

Algo que pode estragar uma corrida em qualquer esporte a motor? Curiosamente, para Pedro Henrique Marum, o “treino de classificação que dá certo”. É preciso uma surpresa, a expectativa da zebra, disse o jornalista no Paddockast #22

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
Uma equipe se classificar muito acima das outras em termos de desempenho, tornando assim o treino pré-corrida o mais óbvio possível, estraga corridas. Treino de classificação precisa de surpresa para que ajude uma prova - senão, tem potencial enorme para deixá-la "chatíssima". É o que disse Pedro Henrique Marum no Paddockast #22, que questionou o que deixa corridas legais, e o que as torna modorrentas.

O assunto começa aos 31:13. Ouça no player abaixo ou na sua plataforma preferida:



Paddockast #22
O que torna uma corrida de qualquer categoria legal? E chata?




Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.