Grande Prêmio

Melhores do ano 2018: Sensação da F1, Leclerc é eleito revelação da temporada pela segunda vez

Charles Leclerc conquistou o prêmio de revelação do ano no automobilismo pela segunda vez consecutiva. A sensação da temporada da F1 ainda teve votação recorde na premiação de 2018
Warm Up / GABRIEL CURTY, de São Paulo
Não é comum o mesmo piloto ser eleito duas vezes seguidas a revelação da temporada, mas aconteceu com Charles Leclerc. Como o critério dos Melhores do Ano é que o piloto esteja no primeiro ano de sua categoria, a sensação da F1 repetiu 2017 e venceu o prêmio com avassaladores 75,7% dos votos dos leitores do GRANDE PRÊMIO, recorde para a edição 2018.
 
Outro que apareceu nas duas votações foi George Russell. Campeão da GP3 e, agora, da F2, o britânico teve 12,2% e ficou com a segunda posição entre os jovens pilotos.
Charles Leclerc venceu como revelação (Foto: Sauber)
A motovelocidade foi representada pelo turco Can Öncü, que simplesmente fez uma corrida na Moto3 e venceu de cara, com um futuro bem promissor pela frente. Can teve 8,2% dos votos. O top-5 ainda teve os excelentes Alexander Albon, agora na F1, e Jüri Vips, dos melhores da F3 Europeia.
 
Revelação do ano:
 
Charles Leclerc 75,7%
George Russell 12,2%
Can Öncü 8,2%
Alexander Albon 2,7%
Jüri Vips 1,3%