F2

Ainda tentando F1, Sirotkin acerta com Rapax para correr na GP2: “2015 será crucial para minha carreira”

Se em 2014 Sergey Sirotkin começou o ano como provável piloto da Sauber e acabou sendo reserva, em 2015 o russo começou como provável reserva da Force India e agora fechou com a Rapax, da GP2, para estrear na categoria
Warm Up / Redação GP, do Rio de Janeiro
 Em 2014, Sirotkin disputou a World Series (Foto: Divulgação)
Sergey Sirotkin está de malas prontas para a GP2 apos uma temporada em que foi titular na World Series e reserva da Sauber na F1. O piloto russo vai andar na Rapax com um companheiro que ainda não foi anunciado.
 
Sirotkin quase foi titular na Sauber em 2014, sempre financiado por patrocinadores russos, mas o plano acabou caindo por terra, e ele teve de se contentar com alguns testes e treinos. 
 
Em 2015, tinha um acordo com a Force India, mas o dinheiro dos patrocinadores não entrou, deixando Sirotkin mais uma vez fora do plano inicial.
Sergey Sirotkin já testou carro da GP2 em novembro em Abu Dhabi (Foto: GP2)
"A temporada 2015 será crucial para minha carreira. Fiz algumas considerações sobre o que poderia ser a melhor escolha para meu futuro", disse.
 
"Nos testes em Abu Dhabi eu tive uma química excelente com o carro da GP2, assim como com os engenheiros da Rapax e todo o time. Eles estão focados e agressivos, isso é algo que eu gosto", seguiu.
 
"Não posso esperar para voltar à pista em algumas semanas. A temporada de 2015 será exigente, mas também muito interessante", concluiu.
 
A temporada 2015 da GP2 começa oficialmente em 18 de abril, no Bahrein.