F2

Apostando na experiência, Russian Time acerta com Dillmann para ser piloto da equipe na GP2

Experiente nas categorias de base, Tom Dillmann é o primeiro piloto anunciado pela nova equipe da GP2, que chegou para ocupar a vaga deixada pela iSport no início deste ano
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Felipe Nasr, Davide Valsecchi e Luiz Razia dividiram a largada em Silverstone (Foto: GP2)

A Russian Time tem seu primeiro piloto confirmado para a temporada de estreia na GP2. Piloto da Rapax no último ano, Tom Dillmann acertou para competir pelo novo time e espera ter a chance de disputar posição com as melhores equipes da categoria no futuro.

“Eles são novos no campeonato, mas eles têm tudo certo de que seremos competitivos desde o início. Espero que minha experiência na GP2 ajude ainda mais. Estou convencido de que podemos desafiar outras equipes e pilotos pela vitória rapidamente”, afirmou o francês de 23 anos, que tem experiência na GP3 e na F3 Europeia.

Russian Time é a nova equipe na GP2 (Foto: GP2 Media Service)

Dono da equipe, Igor Mazepa comemorou a contratação de Dillmann e afirmou que o piloto é um dos favoritos ao título desta temporada. “Estou feliz em anunciar Tom Dillmann como piloto da equipe neste ano. Acho que ele será valioso para nossa equipe. Seu talento e experiência serão fundamentais para nosso objetivo”, explicou.

“Além disso, gostaria de acrescentar que acredito que Tom pode ser um candidato ao título desta temporada. Ele tem o que é preciso para vencer. Ele também pode ser um companheiro de equipe muito valioso para quem quiser disputar o título em 2013. No momento, estamos procurando um segundo piloto que nos ajude na luta pelo título do campeonato”, finalizou.

A equipe comprou o espólio da iSport, que anunciou sua saída da GP2 no início deste ano por problemas financeiros