F2

Nasr faz começo de prova incrível em Barcelona, vai de sexto a primeiro em duas voltas e desencanta na GP2

Felipe Nasr venceu pela primeira vez na carreira na GP2 neste domingo depois de fazer um começo de prova sensacional: ganhou quatro posições na volta inicial e passou por Tom Dillmann no começo da segunda para assumir definitivamente a liderança

Warm Up, de Barcelona / RENAN DO COUTO, de Barcelona
Foram precisos dois anos completos e mais quatro corridas, mas Felipe Nasr enfim venceu na GP2. O brasileiro fez um começo de prova sensacional em Barcelona neste domingo (11) para subir ao alto do pódio pela primeira vez na categoria.

Depois de terminar em terceiro lugar no sábado, Nasr largou em sexto neste domingo pela regra do grid invertido, mas isso teve pouca interferência no resultado final. Para falar a verdade, apenas tornou mais memorável o feito do brasiliense.

Nasr fez ótima largada e saltou de sexto para segundo. Agressivo, tentou de todas as formas passar pelo pole-position e primeiro líder da prova, Tom Dillmann, ainda no giro inicial. Não conseguiu, mas se manteve na cola do adversário e chegou de vez na sequência das curvas 3, 4 e 5.

O bote foi dado na freada da 5: Nasr jogou o carro por dentro e não deu chance de defesa para Dillmann. Estava em primeiro.

A partir dali, seria preciso segurar o seu ímpeto e o dos rivais. Nada estava ganho.
Felipe Nasr comemora primeira vitória na GP2 (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
Mas o reserva da Williams na F1 guiou com a consistência de sempre, sem cometer erros, e foi fazendo crescer a diferença para o resto do pelotão.

Dillmann não durou muito na segunda posição, sendo superado por Jolyon Palmer na quinta volta. O britânico, companheiro de Nasr na Carlin no ano passado e que brigou pela vitória na prova mais longa desta etapa, porém, não conseguiu acompanhá-lo. A vantagem na linha de chegada foi de confortáveis 7s6. Como não poderia deixar de ser, vibrou muito quando desceu do carro.

O hino brasileiro tocou em um fim de semana de F1 pela primeira vez desde que Luiz Razia venceu na Inglaterra em 2012, também pela GP2.

Palmer e Dillmann completaram o pódio, seguidos por Arthur Pic, Julián Leal e o vencedor do sábado, Johnny Cecotto Jr.

A corrida foi marcada por alguns acidentes nos momentos iniciais. Rio Haryanto não durou nem uma volta. Na segunda volta, Conor Daly, Simon Trummer e Artem Markelov se envolveram em uma confusão, e Nathanaël Berthon também deixou a prova pouco depois.

A próxima rodada dupla da GP2 acontece em duas semanas no circuito de rua de Monte Carlo.
Felipe Nasr desce do carro após vencer na GP2 (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)

GP2, Etapa da Espanha, Barcelona, corrida 2, Final:

1 FELIPE NASR BRA CARLIN 42:01.901 26 voltas
2 JOLYON PALMER ING DAMS +7.635  
3 TOM DILLMANN ING ARDEN +13.814  
4 ARTHUR PIC FRA CAMPOS +14.172  
5 JULIÁN LEAL COL CARLIN +14.732  
6 JOHNNY CECOTTO JR. VEN TRIDENT +18.842  
7 STÉPHANE RICHELMI MCO DAMS +19.236  
8 STEFANO COLETTI MCO RACING ENGINEERING +22.993  
9 ADRIAN QUAIFE-HOBBS ING RAPAX +30.744  
10 STOFFEL VANDOORNE BEL ART +31.379  
11 TIO ELLINAS CHP CARLIN +31.839  
12 DANIEL ABT ALE HILMER +32.142  
13 TAKUYA IZAWA JAP ART +33.313  
14 ALEXANDER ROSSI EUA CATERHAM +34.189  
15 KIMIYA SATO JAP CAMPOS +37.025  
16 RAFFAELE MARCIELLO ITA RACING ENGINEERING +38.689  
17 FACU REGALIA ARG HILMER +39.975  
18 SERGIO CANAMASAS ESP TRIDENT +1:14.656  
19 DANIËL DE JONG HOL MP +2 voltas  
20 MITCH EVANS NZL RUSSIAN TIME NC  
21 RIO HARYANTO INA CATERHAM NC  
22 ARTEM MARKELOV RUS RUSSIAN TIME NC  
23 SIMON TRUMMER SUI RAPAX NC  
24 RENÉ BINDER AUT ARDEN NC  
25 CONOR DALY EUA LAZARUS NC  
26 NATHANAËL BERTHON FRA LAZARUS NC