Com muito carisma e trabalho duro, família Neves quer deixar seu legado nas pistas da Copa Stratum/coinBR GP de Kart

Naturais de Itararé, Rômulo e Sérgio Neves viajam mais de 300 km para disputar, juntos, as etapas da Copa Stratum/coinBR GP, sonhando com uma vaga nas 500 Milhas de Kart. Conheça um pouco da relação de amor pelo automobilismo de pai e filho, em mais uma das grandes histórias que são contadas durante as etapas do nosso campeonato

A Copa Stratum/coinBR GP de Kart é uma competição que traz grandes histórias. De pessoas simples que nunca tinham entrado em um autódromo, de mulheres que querem construir seu legado na vida e na pista e de… Famílias, é claro. Como a destes empresários de Itararé, cidade localizada a 346 km da capital paulista, Rômulo e seu pai, Sérgio Neves.

Parceiros nos negócios e nas pistas, os dois são velhos conhecidos da Copa, pois participaram da edição inaugural em 2017 (Rômulo foi finalista, conquistando o 17° lugar) e voltaram para esta temporada com dois objetivos: o primeiro deles é pontuar bem nas provas;  com este conquistado, o segundo é, no final do ano, estar nas 500 Milhas de Kart. “A disputa é mais emocionante a cada etapa, correr com esses caras tem nos ensinado muito”, afirma Rômulo, piloto de 33 anos.

Dono de uma marcenaria em sua cidade, Rômulo conta como surgiu a paixão pelo kart. “Eu devia ter uns oito anos quando meu pai comprou um kart com carenagem da famosa McLaren do Ayrton Senna. Depois disso, sempre quando passávamos por algum kartódromo, parávamos para assistir aos treinos, me lembro como se fosse hoje do cheiro de combustível e dos pneus, era mágico."

Rômulo Neves (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)

Já Sérgio tem 57 anos, possui uma marmoraria em Itararé e trabalha em conjunto com o filho. Ao GRANDE PRÊMIO, ele conta como iniciou na pilotagem. “Eu gosto de F1 desde os meus 13 anos, sempre estava envolvido com mecânica e tinha um kartódromo em uma cidade vizinha daqui – hoje, ele não existe mais -, andei a primeira vez por lá e acabei adorando este esporte”, afirma, entusiasmado.

É verdade que, na edição 2018, a família Neves ainda não emplacou. Após duas etapas, Rômulo somou 18 pontos (está em 21º) e Sérgio conquistou 11 (é 27º) mas eles esperam evoluir ainda – afinal, a caminhada é longa até dezembro: serão mais nove etapas. “Estamos aprendendo e aprimorando bastante novas técnicas, os rivais realmente são de alto nível e é ótimo correr assim, com a concorrência lá em cima, sentimos que estamos progredindo a cada corrida”, diz Rômulo.

Sérgio caminha no mesmo discurso do filho quanto ao desempenho dos dois na Copa. “A cada etapa, estamos melhorando e, para esta temporada, esperamos evoluir com bons pontos para conseguirmos nossa vaga nas 500 Milhas de Kart. É difícil, mas é bem possível."

Rômulo Neves (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)

O fato é que a família Neves está muito contente em estar no meio dessa galera e dá alguns toques para as próximas edições. “Esperamos mais pilotos, é claro, mas também pedimos para que os novatos não desistam se não tiverem desempenho nas primeiras corridas. Nós estamos encarando isso como uma escola e, se não corremos contra bons pilotos, não vamos aprender direito”, aconselha Rômulo. “Vocês estão revolucionando o kartismo!"

Sérgio vai um pouco mais além. “Quem sabe vocês levem algum piloto famoso para disputar com a gente. Vai ser bem legal e importante para a nossa evolução”, afirmou.

Quer fazer como o Sérgio e o Rômulo e disputar um campeonato de alto nível para correr com grandes estrelas do automobilismo nacional? Já estão abertas as inscrições da terceira etapa da Copa Stratum/coinBR GP de Kart. O palco volta a ser o kartódromo de Interlagos, que recebe os pilotos amadores de todo o Brasil no próximo dia 28 de abril, 12h30. Inscreva-se já!

Para realizar a inscrição, é só seguir o procedimento tradicional: vá ao GRANDE PREMIUM e garanta sua vaga com o custo de R$ 240. Assinantes GRANDE PREMIUM têm desconto e devem efetuar sua inscrição por e-mail.

#GALERIA(8336,171182) 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube