Em GP desgastante na Malásia, Massa revela preocupação com efeitos do calor excessivo no desempenho do FW37

Ao falar do que espera para a etapa da Malásia, Felipe Massa não escondeu a preocupação com o clima quente e úmido de Sepang, além da chuva, sempre uma constante na região de Kuala Lampur

Depois do quarto posto conquistado na Austrália, na abertura da temporada 2015 há quase duas semanas, Felipe Massa desembarca agora na Malásia para a segunda etapa do campeonato pensando no clima quente e úmido de Sepang. E o brasileiro já manifestou preocupação em como minimizar os efeitos das altas temperaturas no desempenho do carro.

"A Malásia é sempre muito quente e úmida, por isso é uma etapa fisicamente difícil para os pilotos", afirmou o piloto.

"O carro também enfrenta esse desafio, porque o calor desempenha um papel decisivo, portanto é preciso trabalhar bem com os sistemas de arrefecimento", completou o piloto da Williams.

Felipe Massa já se preocupa com calor excessivo em Sepang (Foto: Getty Images)

O clima tipicamente tropical também foi lembrando por Massa, especialmente com relação às chuvas. "A chuva é um problema, uma vez que sempre chove no momento da corrida, mas estamos preparados para isso também", disse.

"Eu tenho treinado muito duro no calor e me preparado bem para essa corrida, inclusive do ponto de vista cardíaco, que é sempre importante", encerrou Felipe.

ACERTOU NA MOSCA

33 CARROS, 66 PILOTOS. 25 títulos da Stock Car na pista, 14 ex-pilotos da F1 e, dentre eles, um campeão. Estrelas de campeonatos de turismo e endurance ao redor do mundo. Prost e Senna companheiros de equipe outra vez no grid. Uma corrida bem disputada no domingo de manhã. Mais uma vez, a Stock Car deu a largada para a temporada com o pé direito. Não há dúvidas disso, depois da segunda edição da Corrida de Duplas em Goiânia. 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube