Kaesemodel aproveita ‘mando de pista’ e crava pole para abertura da temporada da Porsche Carrera Cup em Curitiba

Lico Kaesemodel conhece como poucos o autódromo de Curitiba. Na pista de casa, o paranaense da Academia Shell Racing cravou a primeira pole da temporada 2018 da Porsche Carrera Cup

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Lico Kaesemodel fez valer o 'fator casa' e cravou a pole para a abertura da temporada 2018 da Porsche Carrera Cup. O paranaense, nesta sexta-feira (23), foi o mais veloz da classe 4.0 e virou 1min19s203, mais de 0s3 mais veloz que o segundo colocado Werner Neugebauer.
 
“É muito bom correr em casa. O mais legal de tudo é ver que você evoluiu. Não estava liderando no primeiro treino, estava atrás 0s5. Fomos buscando. O time todo fez um trabalho bacana. Dei duas voltas na classificação, dei uma esfriada e tinha dado P2. Então, pensei que teria de ser naquele momento. Foi tudo certo. Quando vi 1min19s2, até me surpreendi. Foi uma volta quase perfeita. Neste sábado, tem mais uma batalha. Estamos confiantes”, disse Lico.
 
Marçal Müller apareceu para ficar com a terceira posição, perto de Neugebauer e bem distante do quarto colocado Pedro Queirolo. Quem fechou o grupo dos cinco mais velozes foi Constantino Jr.
Lico Kaesemodel cravou a pole em casa (Foto: Luca Bassani)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Na classe 3.8, os garotos mostraram muita força. A família Coletta colocou três pilotos entre os oito primeiros colocados, com Marcel ficando com a pole em 1min20s134. Murilo foi o terceiro, enquanto Matheus beliscou um oitavo lugar.

“Estou muito feliz com esse início de ano, tanto na Stock Light como aqui na Porsche. Vim do kart, era o segundo mais novo do programa da Porsche e tinha pouco experiência com o carro. Nunca tinha andado em um carro de turismo até o mês passado, então fico satisfeito de estar entre os melhores. Consegui dar meu máximo para estar aqui, mostrei meu talento e meu potencial. Agora é lutar pela vitória amanhã", comentou o pole da 3.8.

Marcel Coletta fez a pole na classe 3.8 (Foto: Bruno Terena)
Companheiro de Kaesemodel na Academia Shell Racing, Gaetano di Mauro também teve ótimo desempenho e ficou apenas 0s086 atrás da marca da pole de Marcel, garantindo, assim, a segunda colocação no grid de largada. Vitor Baptista e Enzo Elias completam o top-5.
 
“Foi um dia muito bom. Tive pouco contato com o carro, conseguimos desenvolver bem para a tomada de tempo, me adaptei bem. O meu tempo para o pole é parecido. A corrida vai ser bem pegada”, falou Gaetano.

Na GT3 Cup, quem fez a pole foi Sylvio de Barros, conseguindo grande margem de vantagem para o segundo colocado Maurizio Billi. Na GT3 Cup 3.8, Marco Billi sai na frente, enquanto Chico Horta parte da segunda posição.

“Foi um treino emocionante, não consegui rodar nas primeiras voltas e, então, veio o sinal de pneu furado no painel do carro. Vim para os boxes e trocamos o pneu. Saí aflito para fazer a volta logo antes que acabasse o treino. Fiz a volta logo na saída, não sabia se o pneu estava quente, mas estava. Deu tudo certo, estou feliz da vida. Também estou um pouco surpreso para ter marcado um tempo entre os melhores da outra categoria”, explicou Sylvio.

 
"RECOMEÇA A BRIGA"

MERCEDES COMEÇA TEMPORADA AINDA À FRENTE DA FERRARI

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube