Vencedor no Velopark, Moraes alega problemas financeiros e encerra participação em 2016 no BR de Turismo

Restando ainda as etapas de Curvelo e de Interlagos para o fim da temporada 2016 do Brasileiro de Turismo, o jovem Lukas Moraes, que disputa a categoria desde o ano passado pela RR Racing, encerrou sua participação precocemente neste ano em razão de problemas financeiros. O paulista ocupa o sexto lugar no campeonato, ainda com chances matemáticas de título

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

O grid do Campeonato Brasileiro de Turismo sofreu uma importante baixa nesta reta final da temporada 2016. Lukas Moraes, paulista de 20 anos, alegou problemas financeiros e não vai disputar as duas etapas que restam para o desfecho do campeonato, em Curvelo, no dia 20 de novembro, e também em Interlagos, na corrida que vai distribuir pontos em dobro, em 11 de dezembro. Piloto da RR Racing, equipe chefiada por Rogério Raucci, Moraes faturou a vitória na corrida 2 da etapa do Velopark, conquistou dois quarto lugares, também no Velopark e em Goiânia, e voltou ao pódio na segunda prova da rodada dupla de Interlagos.
 
Moraes, um dos poucos pilotos a superar Pedro Piquet em 2014 na F3 Brasil com uma vitória debaixo de muita chuva em Interlagos, estava no Brasileiro de Turismo desde o ano passado e, após um ano de adaptação, conseguiu garantir bons resultados em 2016, chegando até a se colocar como um dos postulantes ao título. No momento, Lukas soma 107 pontos, ocupa o sexto lugar e, com três corridas para o fim do campeonato, ainda tem chances matemáticas de título.

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

Lukas Moraes encerrou de forma prematura sua participação na temporada 2016 do Brasileiro de Turismo (Foto: Fernando Silva/Grande Prêmio)
“Infelizmente, por razões financeiras, não poderei estar competindo nas duas últimas etapas do Brasileiro de Turismo, que serão realizadas em Curvelo e São Paulo. Tive um ano muito forte no Brasileiro de Turismo e cheguei a ficar no top-3 da categoria quando o carro esteve no seu melhor momento”, comentou Lukas.
 
“Ganhamos no Velopark e andamos forte em todas as corridas em que o carro esteve sem problema. Porém, passadas algumas etapas, passamos a sofrer bastante com problemas que nos fizeram sair de terceiro para sexto na tabela de classificação”, disse o piloto por meio das suas redes sociais.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

“Em Interlagos sequer fizemos sessões de treino livre com problemas no carro, e no treino classificatório ele também apresentou problemas. Mesmo assim, largamos em P8 e iríamos terminar aquela corrida se não fosse um acidente. Os mecânicos trabalharam duramente e me entregaram um ótimo carro para a corrida do domingo, quando saí de último e terminei em terceiro. Se não fosse um safety-car, iríamos brigar pela vitória. Coisas de corrida”, lamentou.

 
“É ruim ter de sair de um campeonato faltando duas etapas e ainda tendo chances matemáticas de buscar o título, mas infelizmente no momento estou sem apoio financeiro para continuar a temporada”, complementou o piloto, que agora busca espaço e patrocínio para voltar ao grid na temporada 2017.
 
fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n<e.length;n++)if(child=e[n],e[n].id.substr(0,t.length)==t)return e[n];for(var c=0,n=1;nc&&(c=e[n].offsetWidth);return c>80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)<0?n+="px":n,cc.style.display="",s2.width=n,window.frameElement&&(s1.height=c2.offsetHeight+5+"px"),t=500,s1.width="100%"}rs(t)},200)}var c1=window.frameElement?window.frameElement:document.getElementById("crt_ftr"),c2=document.getElementById("crt_ftr"),s1=c1.style;s1.position="fixed",s1.bottom="-4px",s1.left="0px",window.frameElement&&(s1.height="0"),c2.style.textAlign="center",s1.zIndex="60000";var cc=document.getElementById("crt_cls"),s2=cc.parentNode.style;cc.onclick=function(){s1.display="none"};var t=0;rs(0);

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth < 970) ? 302357 : 302359;
document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube