Sérgio Sette Câmara está de chegada na vida da F1. Fechado com a McLaren para ser piloto de desenvolvimento na temporada 2019, o mineiro já conta com uma lista de bons momentos na carreira europeia que começou em 2014

A chegada de Sérgio Sette Câmara ao mundo da F1 para ser piloto de desenvolvimento da McLaren foi confirmada na última semana. Na fábrica da equipe, na cidade inglesa de Woking, vai lidar com uma nova realidade, desde simuladores até treinos físicos. A vaga não veio de graça: nos cerca de quatro anos em que está na Europa, conseguiu acumular bons resultados e momentos de certa forma marcantes numa curta carreira.

O GRANDE PREMIUM separou uma lista dos dez melhores momentos dele na carreira europeia.

O primeiro pódio de Sérgio Sette Câmara na Europa (O primeiro pódio de Sérgio Sette Câmara na Europa (Foto: F3))

1 – Pódio em Spa, F3, 2015

Após o começo no kart e a disputa de parte da temporada 2014 da F3 Brasil, Sette Câmara sentiu o primeiro gosto da carreira internacional ainda no mesmo ano, quando disputou três provas na F3 Euro. Tornou-se titular na temporada seguinte pela pequena Motopark e começou com dificuldades. Foram as 13 primeiras corridas sem pontuar.

A história mudou, entretanto, quando o campeonato chegou ao circuito belga de Spa-Francorchamps. Numa das pistas mais tradicionais da Europa, Sérgio andou forte e conquistou a terceira posição na corrida 2. Foi o primeiro pódio dele fora do Brasil.

Pole do Masters of F3 (Pole do Masters of F3 (Foto: F3))

2 – Pole do Masters da F3, Zandvoort, 2015

Quando a tradicional etapa Masters of F3, corrida fora do campeonato da F3 mas com carros e grids análogos, Sette Câmara conseguira já um segundo pódio: na Áustria. No Masters, entretanto, brilhou mais.

Mesmo contra nomes fortes da categoria, Sérgio cravou a pole do evento na pista holandesa de Zandvoort. Para se ter uma ideia, no top-4, ficaram também Antonio Giovinazzi e George Russell – o italiano já figurou no grid da F1, enquanto o inglês será titular no ano que vem. Sette Câmara ficou com o terceiro lugar da corrida. 

Sérgio Sette Câmara faz pódio duplo em Macau, 2016 (Sérgio Sette Câmara faz pódio duplo em Macau, 2016 (Foto: Red Bull))

3 – Dois pódios em Macau, 2016

No tradicional GP de Macau, Sette Câmara mostrou que consegue lidar bem com uma das pistas mais temidas do mundo. Em 2016, classificou com o quarto tempo, mas mostrou força já na corrida classificatória, quando conquistou o terceiro posto.

Pulou para a liderança logo na largada e manteve a ponta por algum tempo. O muito mais experiente António Félix da Costa e Callum Illott conseguiram passar mais tarde, mas o piloto mineiro emplacou mais um pódio na edição 2016.

Sérgio Sette Câmara assume a Toro Rosso em teste da F1 na Inglaterra (Sérgio Sette Câmara assume a Toro Rosso em teste da F1 na Inglaterra (Foto: Toro Rosso))

4 – Teste com Toro Rosso, 2016

Contratado para fazer parte do programa de jovens pilotos da Red Bull, Sette Câmara teve sua primeira chance de sentar atrás do volante de um F1 no dia 13 de julho de 2016. Naquele dia, em Silverstone, assumiu o monoposto da Toro Rosso e deu 82 voltas durante o dia. Terminou na nona colocação geral.

“Dia espetacular hoje. Cheguei cedinho na pista, 7h da manhã, comecei a andar às 9h. A gente tem uma reunião antes do treino para verificar como vai ser o dia. Apesar de a gente ter feito um ontem de noite, também se faz um hoje de manhã. Assim a gente sabe se o carro está pronto ou não, se está chovendo ou não, como a pista está. E aí a gente decide como vai ser o dia”, disse ao GRANDE PRÊMIO naquele dia.

“Cheguei bem cedo, me preparei, era 9h e o carro já estava ligado, já estava saindo dos boxes. Só fomos terminar agora, às 18h. Só teve uma hora de pausa, na hora do almoço, então imagina, estou destruído. 81 voltas, mais de 400 km, deu pra cansar bastante. Agora no final nem dava mais para segurar meu pescoço. Uma experiência que vou levar para o resto da minha vida, a primeira vez que guiei um carro de F1”, recordou.

“Se eu tiver que falar uma coisa que me impressionou, é óbvio que (o carro) é muito rápido. O torque do motor superou as expectativas, nunca imaginei que fosse assim. Não errei, consegui passar as informações para os engenheiros. Me senti útil. Já que é o segundo dia de treino, consegui comparar meus dados com os dados do carro de ontem, deu para colocar um em cima do outro, comparar, ver onde preciso melhorar e onde estou indo bem. É uma oportunidade incrível, me sinto abençoado por estar aqui”, finalizou.

Sérgio Sette Câmara vence a primeira na F2, na Bélgica (Sérgio Sette Câmara vence a primeira na F2, na Bélgica (Foto: FIA))

5 – Vitória em Spa, F2, 2017

Da F3 Euro para a F2, categoria mais próxima à F1. Sérgio demorou um pouco a emplacar pela MP, mas voltou das férias de verão com tudo. Na segunda corrida da etapa de Spa, mostrou que entende mesmo do traçado belga.

Levou o fraco carro ao sexto posto na prova inicial e, com o sistema de grid invertido, partiu da pole na segunda corrida. E partiu para a vitória, a primeira dele no certame.

Sérgio Sette Câmara conquista pódio em Monza (Sérgio Sette Câmara conquista pódio em Monza (Foto: F2))

6 – P2 em Monza, F2, 2017

O momento de alta de Sette Câmara seguiu para outra das pistas mais famosas do mundo: Monza. Na etapa italiana, andou forte novamente e, na segunda corrida, pulou do sexto posto para o segundo.

O resultado foi reforçado pelo clima, visto que se tratava de um dia chuvoso e de tempo fechado. Os dois resultados, em Spa e Monza, separados por apenas uma semana, mudaram o patamar da temporada do mineiro naquele momento.

A disputa com Ferdinand Habsburg em Macau (A disputa com Ferdinand Habsburg em Macau (Foto: Reprodução/Youtube))

7 – Briga feroz, Macau, 2017

Se Sette Câmara agora chega à F1 como piloto de desenvolvimento, deve muito a essa exibição. O próprio diretor-esportivo da McLaren, Gil de Ferran, admitiu que foi o que chamou a atenção dele para Sérgio.

Sette Câmara e Ferdinand Habsburg não largaram nas primeiras posições, mas assumiram os lugares dianteiros e começaram uma marcante disputa pelo lugar de honra que se arrastou até a volta final. Na ânsia pela vitória, ambos erraram na mesma curva e acabaram sem receber a quadriculada na frente. Dan Ticktum venceu, mas o brasileiro e o austríaco impressionaram.

Sérgio Sette Câmara faz pódio duplo e ultrapassagem marcante no Bahrein (Sérgio Sette Câmara faz pódio duplo e ultrapassagem marcante no Bahrein (Foto: F2))

8 – Duplo pódio no Bahrein, F2, 2018

Da pequena MP para a importante Carlin em 2018, Sette Câmara vivia uma nova fase, agora em time grande. Logo na primeira etapa, no Bahrein, mostrou que as coisas seriam diferentes. Nada de começo lento. O segundo lugar da corrida do sábado e o terceiro posto no domingo representaram o primeiro pódio duplo dele na categoria.

A disputa que travou com Artem Markelov pelo segundo lugar foi impressionante, sobretudo pela manobra que executou para forçar o 'xis' e defender do ataque do piloto russo na sequência no que era a última volta da prova.

Sérgio Sette Câmara volta de lesão em grande estilo (Sette Câmara levanta o troféu no pódio francês (Foto: F2))

9 – Pódio após mão quebrada, Paul Ricard, 2018

Um acidente durante o treino classificatório da etapa de Mônaco colocou Sérgio Sette Câmara de molho com uma fratura na mão, da qual correr para se recuperar. O retorno aconteceu na França, na pista de Raul Ricard.

Ainda com dores, o piloto da Carlin fez uma corrida correta. Saiu da quarta colocação da largada para o segundo posto e conseguiu subir ao pódio mesmo sem uma recuperação completa.

A primeira pole na F2, na Hungria (A primeira pole na F2, na Hungria (Foto: F2))

10 – Primeira pole na F2, Hungaroring, 2018

Já na reta final da primeira temporada da F2, Sette Câmara ainda tinha uma barreira: não conseguia dominar um treino classificatório. A barreira caiu na etapa de Hungaroring, na Hungria.

Com uma volta nos últimos 90s de treino, Sérgio tomou a dianteira e manteve uma vantagem de 0s030 para Jack Aitken. A tão esperada pole havia chegado.

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

(function(d,s,id){var js,fjs=d.getElementsByTagName(s)[0];if(d.getElementById(id))return;js=d.createElement(s);js.id=id;js.src=’https://embed.playbuzz.com/sdk.js’;fjs.parentNode.insertBefore(js,fjs);}(document,’script’,’playbuzz-sdk’));

 

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Escanteio SP.

SÃO PAULO E-PRIX 2023:
SINTA A ENERGIA DA FÓRMULA E

25 de março de 2023 CLIQUE NO LINK ABAIXO PARA ACESSAR O SITE OFICIAL DE VENDAS E ATIVAR O SEU BENEFÍCIO EXCLUSIVO COM O CÓDIGO SAOPAULOVIP. Comprar Ingresso com desconto

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar