Novo tema de abertura das corridas faz questão de mostrar rostos dos mecânicos, pilotos e chefes de equipe em reações plenamente humanas em vitórias e derrotas; Liberty Media cumpre promessa e proporciona experiências multisensoriais para assistir às provas

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;
//pagead2.googlesyndication.com/pagead/show_ads.js

Você certamente já ouviu algum pseudo-crítico dizer que “F1 nem é esporte”. Falsa polêmica de lado, o argumento se daria por ser uma competição em que os atletas ficam escondidos atrás dos carros e debaixo dos capacetes. O novo tema de abertura, lançado neste sábado (24), no GP da Austrália, fez questão de mostrar quem são verdadeiramente os artistas do espetáculo.

O vídeo de pouco mais de quatro minutos começa com imagens dos olhos dos pilotos através das viseiras entreabertas. Logo de saída, o recado é claro: isso é feito por seres humanos. À medida que eles vão abaixando a armadura, a ação se dá com alguns bons pegas e imagens de vitórias. Nos pódios, mais uma vez, os pilotos e membros de equipe são mostrados no êxtase da glória. 

Nesse período, a trilha sonora, assinada pelo balado compositor norte-americano Brian Tyler, carrega uma emoção crescente de uma orquestra. A sintonia é total com as imagens que vem logo a seguir dos membros das equipes trabalhando para colocar o carro rapidamente de volta à pista. Quando as coisas não dão certo, por exemplo, tome soco na mesa do chefe de equipe.

Trilha sonora da F1 é assinada pelo badalado músico Brian Tyler, de ‘Velozes e Furiosos’ e ‘Vingadores’ (Reprodução/F1)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;
//pagead2.googlesyndication.com/pagead/show_ads.js

“Quando faço um filme por exemplo, é um script. Sei o que vai acontecer. Nos esportes, isso não acontece. É um completo mistério. Você nunca sabe se seu motor vai explodir, se seus mecânicos do pit stop vão fazer alguma coisa que vai arruinar sua estratégia, se vai chover, não há comparação com os dramas que acontecem na vida real. Nos esportes em geral, mas na F1 em particular”, explicou Tyler, músico de Velozes e Furiosos e Vingadores

A parte controversa do vídeo de agradáveis experiências sensoriais provocadas pela Liberty Media estaria nos muitos trechos dedicados aos acidentes. Evidentemente, não há nenhum acidente fatal mas, se hoje exaltada outras tantas vidas já foram perdidas em pista. O verdadeiro fã de F1 talvez nem goste propriamente de batidas, mas é inegável que esse é um momento que salta aos olhos.

Ainda assim, o grito de Ayrton Senna no GP do Brasil de 1991, o desmaio de Nigel Mansell no GP dos EUA de 1994 e o choro de Michael Schumacher no GP da Itália de 2000 parecem ser momentos muito mais humanos e representativos da história da F1 do que batidas espetaculares.

Temporada 2018 da F1 ganhou em elementos gráficos na transmissão internacional para televisão (Reprodução/F1)

Os gráficos

Ainda em assuntos extra-pista, os novos gráficos da F1 também merecem atenção na prova de abertura. As fontes acompanham o novo logo – lançado ainda no ano passado, com a letra “F” e o número 1 em vermelhos, em substituição ao utilizado nos últimos 24 anos – e aparece com mais frequência. A régua de classificação não é muito fã dos tempos propriamente ditos, mas atrai com alguns efeitos visuais em diferentes cores e o logo das equipes por exemplo.

Entre os gráficos que encheram a tela da transmissão internacional, de antes e depois da corrida, chamou a atenção justamente a foto posada dos pilotos. Anteriormente, era apenas um bando de nomes e números que indicavam o grid de largada para a corrida. Hoje, está fácil perceber quem foi o pole. Aliás, Lewis Hamilton levou mais uma vez.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Escanteio SP.

SÃO PAULO E-PRIX 2023:
SINTA A ENERGIA DA FÓRMULA E

25 de março de 2023 CLIQUE NO LINK ABAIXO PARA ACESSAR O SITE OFICIAL DE VENDAS E ATIVAR O SEU BENEFÍCIO EXCLUSIVO COM O CÓDIGO SAOPAULOVIP. Comprar Ingresso com desconto

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar