Daniel Ricciardo não é um cara que se adapta tão rapidamente aos novos times, mas tem sofrido bem mais com isso na McLaren do que na Red Bull ou na Renault

FacebookTwitterLinkedInWhatsAppTelegramPinterestEmail

O Lado a lado da semana vai ter uma pegada diferente. Para começar, serão três itens comparados, mas todos sobre o mesmo piloto. É dia de falarmos de Daniel Ricciardo e mostrarmos, em número, o quão decepcionante é a passagem do australiano pela McLaren. Daniel, que tem vínculo com a equipe até o fim de 2023, vive tremenda incerteza.

É que Zak Brown, CEO da McLaren, já admitiu que pode rasgar o contrato de Ricciardo e ir ao mercado atrás de um novo companheiro para Lando Norris. Mas qual motivo disso? Bom, é que Daniel simplesmente está perdido no time desde o dia em que chegou. E a vitória na Itália, em 2021, é um ponto totalmente fora da curva.

Mesmo com histórico de demorar para se adaptar, Ricciardo está bem abaixo na McLaren. A comparação com os tempos de Red Bull é cruel porque é uma equipe muito mais forte, mas a Renault retrata isso bem. O australiano, mesmo com um carro que não era tudo isso, cresceu na reta final do primeiro ano e brilhou intensamente no segundo.

Na McLaren, o primeiro ano foi pior do que aquele na Renault, mesmo com a vitória em Monza. Só que o segundo, pelo menos por enquanto, não tem nada de melhor: Daniel só pontuou em 1 das 7 corridas do ano até agora.

Confira números de Ricciardo na Red Bull, na Renault e na McLaren:

Daniel Ricciardo comemorou a vitória na Malásia, em 2016, com um shoey (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

RICCIARDO NA RED BULL

5 temporadas
7 vitórias
1,4 vitória por temporada
3 poles
0,6 pole por temporada
29 pódios
5,8 pódios por temporada
956 pontos
191,2 pontos por temporada
Melhor posição final: 3º lugar em 2014 e 2016
Pior posição final: 8º lugar em 2015

Nas 2 primeiras temporadas:

3 vitórias
10 pódios
330 pontos
Melhor posição final: 3º lugar
Pior posição final: 8º lugar

Desempenho dos companheiros em 2 temporadas (Vettel 2014; Kvyat 2015):

0 vitória
5 pódios
262 pontos
Melhor posição final: 5º lugar – Vettel
Pior posição final: 7º lugar – Kvyat

Daniel Ricciardo, na Renault, conquistou dois pódios. (Foto: Renault)

RICCIARDO NA RENAULT

2 temporadas
0 vitória
0 vitória por temporada
0 pole
0 pole por temporada
2 pódios
1 pódio por temporada
173 pontos
86,5 pontos por temporada
Melhor posição final: 5º lugar em 2020
Pior posição final: 9º lugar em 2019

Desempenho dos companheiros (Hülkenberg 2019, Ocon 2020):

0 vitória
1 pódio
99 pontos
Melhor posição final: 12º lugar – Ocon
Pior posição final: 14º lugar – Hülkenberg

A dobradinha da McLaren foi a surpresa do ano na F1 2021 (Foto: AFP)

RICCIARDO NA McLAREN

2 temporadas
1 vitória
0,5 vitória por temporada
0 pole
0 pole por temporada
1 pódio
0,5 pódio por temporada
126 pontos
63 pontos por temporada
Melhor posição final: 8º lugar em 2021
Pior posição parcial: 11º lugar em 2022

Desempenho do companheiro (Norris):

0 vitória
5 pódios
208 pontos
Melhor posição final: 6º lugar em 2021
Pior posição parcial: 7º lugar em 2022

▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar