22°, Castroneves minimiza punição e aposta em estratégia “diferente e ousada” para corrida em Mid-Ohio

Depois de machucar a mão esquerda em um acidente durante o segundo treino livre deste sábado (4) em Mid-Ohio, Helio Castroneves ainda perdeu dez posições no grid de largada e vai partir apenas em 22° neste domingo

Helio Castroneves viveu um sábado (4) atribulado em Mid-Ohio. Ainda se recuperando de uma gripe, o piloto da Penske se envolveu em um acidente com Mike Conway no segundo treino livre desta manhã e sofreu uma contusão na mão esquerda por conta do impacto. Mesmo assim, o brasileiro pôde participar sem maiores problemas da classificação. Helio foi o 13°, mas largaria em 12° por conta da punição a Alex Tagliani. Porém, a troca de motor feita pela Penske o fez perder dez posições no grid, conforme o regulamento da Indy. Agora, Castroneves inicia a corrida da 22ª posição.

Castroneves vai largar do 18° posto do grid neste domingo (Foto: INDYCAR/USA)

“Nossa performance durante o dia foi boa, principalmente porque conseguimos avançar bastante no acerto do carro, compensando o treino perdido na semana passada aqui em Mid-Ohio. A batida com o Conway foi uma pena, pois ele, na verdade, estava tentando me ajudar, abrindo caminho, e acabou se atrapalhando. Acontece. No meu grupo na classificação, faltou só um 'pelinho' para a gente disputar a fase seguinte. Então, estamos no caminho certo”, comentou Helio.

Sobre a corrida, Castroneves afirmou que está bem fisicamente e que a má colocação no grid de largada não o preocupa. “Minha mão está legal, a gripe passou e o fato de largar em 23º não é bom, obviamente, mas também não é o fim do mundo em se tratando de Mid-Ohio, pois aqui tem muito lugar para passar e vamos trabalhar, claro, com uma estratégia diferente e bem ousada”, completou.

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube