72 pontos atrás de Dixon, Newgarden reconhece: foi “apenas mediano” em Mid-Ohio

Josef Newgarden admitiu que foi mediano em Mid-Ohio. Agora, precisa descontar 72 pontos em três corridas para conquistar o tricampeonato

Josef Newgarden reconheceu o desempenho mediano na corrida 2 da Indy em Mid-Ohio. Enquanto o líder do campeonato, Scott Dixon, errou e ficou apenas em 10º, o piloto da Penske foi 8º, desperdiçando a chance de diminuir a distância para o neozelandês.

Com o desempenho, a vantagem de Dixon caiu para 72 pontos com três etapas restantes. Newgarden comentou sobre a falta de ritmo do #1 da Penske em Lexington, diferente do sábado, quando chegou em segundo com o companheiro Will Power em primeiro

“Fomos medianos hoje. Não tivemos ritmo superior e nossa posição de largada não ajudou. Tentamos ganhar no início e a amarela não nos ajudou na estratégia. Ficamos presos o dia inteiro, para ser honesto. Precisamos trabalhar o ritmo de corrida, é isso que falta”, citou.

Josef Newgarden (Foto: Indycar)

O desempenho de Newgarden nos circuitos mistos vem deixando a desejar. Ele registrou apenas um pódio em cinco corridas, enquanto o rival Dixon venceu duas vezes nestes traçados.

“No carro, precisamos de mais aderência e equilíbrio. O resto está sólido, acho que a Chevrolet trouxe um grande motor hoje. É o que precisávamos deles. Precisamos trabalhar melhor na próxima”, explicou Josef, que tem vitórias em Iowa e Gateway em 2020.

A Indy realiza uma rodada dupla no misto de Indianápolis nos dias 2 e 3 de outubro. O final da temporada está agendado para o dia 25 do mesmo mês, nas ruas de St. Petesburgo, na Flórida.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube