96 pontos atrás de Dixon, Newgarden mantém esperança de título: “Temos de seguir lutando”

Josef Newgarden está quase 100 pontos atrás de Scott Dixon, mas o americano da Penske mantém as esperanças de título da Indy com cinco provas restantes

Com cinco provas restantes para o fim da temporada 2020 da Indy, o atual campeão Josef Newgarden é o segundo colocado na classificação. O americano da Penske está 96 pontos atrás do neozelandês Scott Dixon, da Ganassi.

Mesmo vencendo pela segunda vez em 2020 na corrida 2 de Gateway, o sentimento de Newgarden é amargo, especialmente pelo resultado da corrida 1, quando viu o rival Dixon com a vitória enquanto terminou apenas em 12º. O piloto comentou sobre como o ciclo das bandeiras amarelas vem o prejudicando neste campeonato.

“Sábado doeu, a Indy 500 doeu ainda mais. Uma pena, fomos prejudicados muitas vezes neste ano. Sinto como se fosse um ciclo, que alivia pra você e começa a atrapalhar outro. Neste ano, parece que não está fácil para nós. Muitas situações de amarelas que nos prejudicaram”, declarou o piloto do carro #1 ao site Motorsport.com.

Josef Newgarden comemora vitória em Gateway (Foto: Indycar)

“Acho que foi a terceira amarela que prejudicou uma corrida, que nos tirou da briga. Tivemos outros problemas aqui e ali, alguns nossos, outros fora do nosso controle. Não estamos com um ano limpo”, completou.

Na liderança, Dixon tem cinco vitórias. Antes da etapa de Gateway, tinha 84 pontos de vantagem para Newgarden. A distância aumentou para 117 após a corrida 1, e foi cortada para 96 na corrida 2.

“Sinceramente, acho que poderíamos ter vencido quatro ou cinco neste ponto. Não estamos lá, estamos atrás, mas tentando brigar e fazer o possível. Temos de seguir lutando, é o que podemos fazer. Parecemos perder terreno, damos um passo para frente e dois para trás. Se conseguirmos reverter isso, podemos brigar pelo campeonato”, concluiu.

A próxima etapa da Indy está marcada para outubro, como rodada dupla no misto de Indianápolis.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube