Indy

Alonso perde controle, bate três vezes no muro na curva 3 e causa bandeira amarela no TL2 em Indianápolis

Fernando Alonso não está tendo um começo tranquilo de treinos livres nas 500 Milhas de Indianápolis. Após ficar fora do top-30 no TL1, o espanhol bateu forte no TL2

Grande Prêmio / GABRIEL CURTY, de São Paulo
Fernando Alonso causou a primeira bandeira amarela do segundo treino livre das 500 Milhas de Indianápolis, principal prova da Indy. Nesta quarta-feira (15), o espanhol perdeu o carro na metade da segunda hora de atividade e bateu três vezes no muro com força na curva 3, voltando a parar somente na 4.
 
Depois de ficar de fora do top-30 no TL1, o espanhol vinha tentando se recuperar no TL2 e aparecia na 16ª colocação quando perdeu o carro e foi parar no muro. Apesar do impacto, Fernando saiu do carro sem maiores problemas.



Este foi o primeiro acidente de Alonso em Indianápolis em um começo bem mais complicado do que teve na primeira participação. O espanhol, que busca a Tríplice Coroa, quase chegou a levantar voo com a batida.

"O carro saiu de frente, tentei tirar o pé do acelerador na entrada da curva, mas não deu certo. Infelizmente aconteceu, vamos perder um tempo precioso de pista hoje", disse o espanhol à 'NBC' logo após deixar a pista.
A batida de Alonso na curva dois (Foto: Reprodução/Twitter)
32º com apenas 50 voltas completadas no primeiro treino livre, Alonso tentava recuperar o tempo perdido no TL2. O bicampeão mundial já tinha 46 giros na conta e a melhor volta em 39s923, 0s2 abaixo do melhor tempo que registrou ontem, quando foi 32º. Nas palavras do espanhol, é um começo longe do ideal.

Gil de Ferran confirmou que "o carro estava saindo de frente o tempo todo". A previsão da McLaren é de que ainda possa voltar para o TL2, mas não nas próximas horas. 

Poucos minutos depois, Alonso usou as redes sociais para se desculpar com a equipe, que terá de ajeitar o carro, e assumir o erro pela batida. O asturiano afirmou que aprendeu com a pancada.

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo 

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.