Indy
12/04/2017 11:45

Alonso se torna 11º campeão mundial de F1 nas 500 Milhas de Indianápolis. Cinco já venceram

Ao todo, 11 campeões mundiais de F1, entre eles dois brasileiros, já disputaram as 500 Milhas de Indianápolis. Dois pilotos, Mario Andretti e Jacques Villeneuve, venceram em Indianápolis antes de alcançarem o Olimpo do esporte a motor na F1. Fernando Alonso vai ser o próximo a tentar beber o leite da vitória em Indy em 2017
Warm Up / FERNANDO SILVA, de Sumaré
 O 'Leão' Nigel Mansell esteve perto de vencer em sua primeira Indy 500, em 1993 (Foto:Pascal Rondeau/Getty Images)
 

O bombástico anúncio de que Fernando Alonso vai disputar a edição 101 das 500 Milhas de Indianápolis pegou o mundo do esporte a motor de surpresa. A prova, uma das mais icônicas do automobilismo mundial ao lado do GP de Mônaco de F1 e das 24 Horas de Le Mans, já teve a presença de dez campeões mundiais de F1. Alonso será o 11º de uma seleta lista que inclui o nome de dois brasileiros: Emerson Fittipaldi e Nelson Piquet.
 
Dentre os campeões mundiais de F1 que já disputaram as 500 Milhas de Indianápolis, dois deles beberam o leite da vitória no Brickyard, a faixa de tijolos que demarca a linha de chegada do oval americano, antes do título da F1: Mario Andretti em 1969, e Jacques Villeneuve em 1995.
 
Outros grandes campeões mundiais tentaram a sorte em Indianápolis, mas não chegaram a disputar a prova, como Giuseppe Farina e Juan Manuel Fangio. Mas outros grandes nomes fizeram parte da Indy 500, alguns com enorme êxito.
Fittipaldi é o único brasileiro campeão na F1 a ter vencido as 500 Milhas de Indianápolis (Foto: Divulgação)
Nos anos 1960 era comum pilotos da F1 disputarem as 500 Milhas de Indianápolis. Campeão mundial em 1959, 1960 e 1966, o australiano Jack Brabham correu quatro vezes em Indianápolis: 1961 — quando faturou seu melhor resultado, nono —, 1964, 1969 e 1971. Graham Hill, outro grande nome de uma era de ouro da F1, foi campeão em 1962 e 1968. Um dos mais completos pilotos de todos os tempos e o único a vencer a ‘Tríplice Coroa’ que tanto almeja Alonso, correu três vezes em Indianápolis. E venceu logo na estreia, em 1966 com um Lola Ford.
 
Jim Clark, dono dos títulos de 1963 e 1965 na F1, alternou sua participação no Mundial com outras tantas em Indianápolis. Com exceção de Mario Andretti, é quem tem o histórico mais vencedor, com uma vitória em 1965, a pole em 1964 e os segundos lugares em 1963 e 1966.
 
Denny Hulme, campeão do mundo em 1967, foi quarto lugar em Indy no mesmo ano e também em 1968, correndo também em 1969 e 1971. Jochen Rindt, único campeão póstumo da história da F1, em 1970, chegou a correr em 1967 e 1968, mas teve passagem discreta pelo Brickyard.
 
O primeiro brasileiro campeão mundial de F1 a tentar a sorte em Indianápolis foi Emerson Fittipaldi. Bicampeão do mundo, o detentor das taças de 1972 e 1974 se mudou de vez para os Estados Unidos dez anos depois do seu último título na F1. Foram nada menos que 11 participações, uma pela WIT, quatro pela Patrick Racing, vencendo pela primeira vez em 1989, e desde então pela Penske, onde foi pole em 1990 e vitorioso em 1993.
Piquet se reencontrou com Indianápolis em 1993, um ano após grave acidente na mesma pista (Foto: IndyCar)
De todos os campeões do mundo, o que tem mais participações nas 500 Milhas de Indianápolis é o ítalo-americano Mario Andretti. É um dos únicos casos de piloto que venceu em Indy antes de se tornar campeão na F1. Foram nada menos que 29 vezes no grid da Indy 500, num intervalo entre 1965 e 1994, ficando fora apenas da edição de 1979. O patriarca do clã Andretti venceu em 1969 a prova americana, nove anos antes de ser campeão com a Lotus na F1.
 
Rivais ferrenhos na F1, Nelson Piquet e Nigel Mansell debutaram juntos em Indianápolis. O brasileiro, campeão em 1981, 1983 e 1987, sofreu um pavoroso acidente em 7 de maio de 1992 com o Lola Buick da Menard durante treinos livres e não conseguiu correr. Nelsão voltou no ano seguinte e finalmente disputou a prova, mas não chegou a completá-la. O ‘Leão’, que fazia sua primeira temporada na Indy com a poderosa Newman-Haas, logo depois de ter sido campeão em 1992 na F1, fechou sua estreia em Indianápolis para conquistar o título da Indy meses depois.
 

Por fim, a lista dos campeões mundiais de F1 com participação em Indianápolis tem a presença de Jacques Villeneuve. O filho de Gilles também venceu em Indianápolis antes de ser campeão da F1, exatamente um ano antes, em 1995, quando também se sagrou campeão da Indy. Antes, Jacques ficou perto da vitória e foi segundo em 1994. Já veteraníssimo, Villeneuve acertou com a Schmidt Peterson para voltar a alinhar seu carro #27 em Indy, mas foi bem mais discreto e terminou apenas em 14º.
 
Agora, no fim de maio, será a vez de Fernando Alonso tentar a sorte no circuito mais famoso do mundo. O bicampeão do mundo terá à sua disposição um carro já vencedor em Indianápolis e contará com a combinação de três grandes marcas, McLaren, Honda e Andretti, para se tornar o sexto piloto com vitórias em Indianápolis e pelo menos um título na F1.
 
PADDOCK GP #73 DISCUTE F1, MOTOGP E INDY E FAZ PRÉVIA DO GP DO BAHREIN