Andretti bate Hinchcliffe por 0s024 e larga na pole em Milwaukee. Melhor brasileiro, Kanaan sai em sétimo

Norte-americano superou por pouco Hinchcliffe, segundo colocado no grid. Inspirado, Power estragou quadra da Andretti e se colocou no top-3, à frente de Hunter-Reay e Viso. Além de Tony, sétimo, brasileiros decepcionaram: Castroneves sai em 18º e Bia, em 20º

As imagens dos treinos da Indy em Milwaukee nesta sexta-feira 
Automobilismo na TV: a programação do fim de semana
Bia treina com patrocínio da Ipiranga mesmo sem receber da empresa

Marco Andretti segue imbatível. O norte-americano, que já havia liderado os dois treinos livres desta sexta-feira (14), cravou a pole-position para o GP de Milwaukee, nona etapa da temporada 2013 da Indy.

Com o tempo total de 42s858 na soma de suas duas voltas rápidas, o filho de Michael Andretti superou em míseros 0s024 o tempo de James Hinchcliffe, que voltou a ser competitivo e conseguiu a segunda posição no grid.

Marco Andretti, pole do GP de Milwaukee (Foto: Chris Jones/IndyCar)

A festa da Andretti seria completa, não fosse Will Power: o australiano se infiltrou no top-3 e estragou o que seria a quadra da melhor equipe da temporada, se colocando logo à frente de Ryan Hunter-Reay, quarto, e Ernesto Viso, quinto.

Sebastián Saavedra também merece destaque: sexto mais rápido da sessão, o colombiano conquistou a melhor posição de largada de sua curta carreira até aqui.

Tony Kanaan, competitivo como sempre, ficou em sétimo. Já Helio Castroneves decepcionou: primeiro a ir à pista, o brasileiro sai apenas em 18º. Bia FIgueiredo, em seu retorno à Indy, parte do 20º posto.

Confira como foi a sessão classificatória da Indy em Milwaukee:
 
Primeiro a ir para a pista, Castroneves não foi bem: o tempo total de 43s716, com uma de suas duas voltas rápidas acima de 22s, dava indícios de que a posição no grid poderia ser catastrófica para o brasileiro.
 
Um bom indício disso veio quando Takuma Sato, quarto a ir para a pista, tomou a liderança do piloto da Penske impondo uma vantagem de mais de 0s2 – diferença considerável em se tratando de circuitos ovais.
 
Na sequência, apareceu Hinchcliffe. Vindo de uma sequência de maus desempenhos em sessões classificatórias, o canadense despertou e voou: cravou 42s882 e deu indícios de que conquistaria, enfim, a primeira pole de sua carreira.
 
De fato, o tempo de James foi fantástico. Tanto que dos 11 pilotos que vieram à pista na sequência, nenhum foi capaz sequer de ameaçar sua posição na liderança.
James Hinchcliffe foi bem e larga em segundo em Milwaukee (Foto: Chris Jones/IndyCar)
No entanto, Andretti estava inspirado. Mais rápido dos dois treinos livres no oval de West Allis, o norte-americano, 17º a marcar tempo, andou totalmente no limite para cravar, na soma de seus dois giros, 42s858, apenas 0s024 mais veloz que o de seu companheiro de equipe Hinchcliffe. A pole, enfim, estava definida em favor de Marco.
 
Neste momento, as quatro primeiras posições eram ocupadas, na sequência, por quatro carros da Andretti. O único capaz de derrubar o império da equipe foi Power. Com a marca de 42s934, o australiano da Penske se infiltrou na primeira fila e jogou Hunter-Reay e Viso para a quarta e quinta posições, respectivamente.
 
Em sexto lugar, o grande destaque do dia: Saavedra conseguiu uma volta surpreendente com seu carro da Dragon e, por alguns instantes, chegou a ser mais lento apenas que Hinchcliffe. A sexta posição acabou sendo um prêmio para o desempenho do colombiano.
 
Em contrapartida, Bia, retornando à Dale Coyne, fez mais do mesmo que já vinha apresentando antes de perder vaga na equipe, logo após as 500 Milhas de Indianápolis: última a ir para a pista, virou acima de 44s e larga apenas na 20ª posição.

Indy, GP de Milwaukee, Grid de Largada:
1 Marco ANDRETTI EUA Andretti Chevrolet   42.858  
2 James HINCHCLIFFE CAN Andretti Chevrolet   42.882 +0.024
3 Will POWER AUS Penske Chevrolet   42.934 +0.076
4 Ryan HUNTER-REAY EUA Andretti Chevrolet   42.962 +0.104
5 Ernesto VISO VEN Andretti Chevrolet   43.031 +0.173
6 Sebastián SAAVEDRA COL Dragon Chevrolet   43.056 +0.198
7 Tony KANAAN BRA KV Chevrolet   43.119 +0.261
8 Josef NEWGARDEN EUA Fisher Hartman Honda   43.124 +0.266
9 Simon PAGENAUD FRA Schmidt Honda   43.163 +0.305
10 Tristan VAUTIER FRA Schmidt Honda   43.187 +0.329
11 Scott DIXON NZL Ganassi Honda   43.288 +0.430
12 James JAKES ING RLL Honda   43.378 +0.520
13 Justin WILSON ING Dale Coyne Honda   43.393 +0.535
14 Sébastien BOURDAIS FRA Dragon Chevrolet   43.463 +0.605
15 Takuma SATO JAP Foyt Honda   43.494 +0.636
16 Alex TAGLIANI CAN Bryan Herta Honda   43.626 +0.768
17 Dario FRANCHITTI ESC Ganassi Honda   43.691 +0.833
18 Helio CASTRONEVES BRA Penske Chevrolet   43.716 +0.858
19 Ryan BRISCOE AUS Panther Chevrolet   44.086 +1.228
20 Bia FIGUEIREDO BRA Dale Coyne Honda   44.193 +1.335
21 Ed CARPENTER EUA Carpenter Chevrolet   44.345 +1.487
22 Charlie KIMBALL EUA Ganassi Honda   44.527 +1.669
23 Graham RAHAL EUA RLL Honda   44.771 +1.913
24 Simona DE SILVESTRO SUI KV Chevrolet   44.865 +2.007

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube