Andretti revela que título de Hunter-Reay aumentou pressão para conquistar melhores resultados

Piloto admitiu que o título do companheiro de equipe o abalou, e isso o motivou a trabalhar para melhorar seus defeitos. Ele contou que a terceira colocação na primeira prova do ano motiva na disputa pelo campeonato

A terceira colocação no GP de São Petersburgo marca um novo início na carreira de Marco Andretti. A última temporada do piloto na Indy foi bem ruim ao terminar na 16ª colocação, e isso foi ampliado pelo título de Ryan Hunter-Reay, seu companheiro de equipe. O norte-americano admitiu que a pressão por melhores resultados aumentou após a conquista do outro piloto da Andretti.

“Sempre fui pressionado, mas não disputar o título na última temporada me destruiu, especialmente quando meu companheiro de equipe venceu o campeonato. Obviamente, como um amigo [de Hunter-Reay] e para meu pai [Michael Andretti], o campeonato foi ótimo, mas, honestamente, isso me abalou. Eu não estava ganhando”, explicou.

Marco Andretti afirmou que trabalhou para corrigir defeitos (Foto: Chris Jones/Indycar)

“Mas eu preciso pegar os pontos positivos e sei que esta é uma equipe que pode vencer o título, e eu posso fazer isso [ser campeão]. Preciso olhar para frente [na disputa pelo título] ou então estou com a mentalidade errada”, completou.

Um dos defeitos que Andretti reconheceu que trabalhou para melhorar foi seu desempenho nos circuitos mistos e de rua. E o resultado da primeira etapa da temporada mostrou que existe uma evolução, mas, ainda não satisfeito, o foco é trabalhar para conseguir resultados ainda melhores.

“Obviamente, eu melhorei onde preciso melhorar, mas, às vezes, você não consegue fazer certas coisas. Você apenas tem que continuar trabalhando duro e espero que essa onda de bons resultados continue”, finalizou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube