Indy

Campeão da Indy Lights, O'Ward anuncia fim de acordo e amplia crise na Harding

Patricio O'Ward, que foi campeão da Indy Lights em 2018 e 9° colocado na última etapa da categoria principal, rompeu nesta segunda-feira (11) seu contrato com a Harding. Ele não deve deixar a Indy, porém, já que possui a bolsa pelo triunfo na categoria de acesso
Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
 Pato O'Ward e Colton Herta (Foto: Harding)
Em crise financeira, a Harding rescindiu nesta segunda-feira (11) o contrato com Patricio O'Ward. O mexicano foi campeão da Indy Lights em 2018 e correu a etapa de Sonoma, derradeira da temporada passada, pela equipe (terminou em nono). Ele tinha acertado para participar da temporada completa neste ano, ao lado de Colton Herta.

A Harding, porém, passa por problemas para conseguir colocar seus carros na pista e, para o teste da próxima semana em Austin, já havia anunciado que levaria apenas um bólido. Desta forma, O'Ward pediu a saída de forma "amigável" e foi atendido. Herta segue na equipe. 

Para o mexicano, porém, não deve ser o fim da presença na Indy em 2019. Como campeão da Lights, ele recebe aporte financeiro e deve, desta forma, encontrar espaço em outra equipe com carro vago ou disposta a colocar um extra na pista.

A Harding receberá da Honda apenas um motor por corrida e só terá dois na Indy 500. Desta forma, Pato afirma ter enxergado que terá melhores oportunidades em outro time.
Pato O'Ward (Foto: IndyCar)
"A Harding aceitou minha decisão em buscar uma nova oortunidade e me liberou de nosso acordo, permitindo que eu encontre uma nova equipe antes do início da temporada 2019", disse O'Ward.

"Agora estou completamente focado em encontrar a oportunidade certa para utilizar minha bolsa de campeão da Indy Lights", completou.

A Harding tem enfrentado dificuldades em encontrar patrocinadores: Na última semana, Brian Barnhart, presidente da equipe, já havia afirmado que optou por isentar os pilotos da responsabilidade por arranjar dinheiro, mas que "as coisas não evoluíram tão rápido e com tanto sucesso quanto esperávamos, e não foi por falta de tentativa. Discutimos muito e criamos muitas propostas. É um processo lento, mas ainda estamos com o foco no que vem por aí."