Castroneves cita aprendizado em estreia na McLaren, mas se vê “um pouco fora do ritmo”

Helio Castroneves completou em 20º o GP de Indianápolis 2, ficou na frente do companheiro Pato O'Ward, mas admitiu que a McLaren sofreu com a falta de ritmo

Helio Castroneves voltou a um misto da Indy após mais de dois anos e com as cores da McLaren. O brasileiro foi chamado para substituir Oliver Askew, afastado por conta de uma concussão. Assim, nesta sexta-feira (2), fez sua estreia pela equipe, fechando o GP de Indianápolis 2 em 20º, mas na frente do companheiro Pato O’Ward, que ainda tinha chances matemáticas de título.

Helio admitiu que faltou ritmo para ser mais competitivo na corrida, mas agradeceu a oportunidade e o trabalho que fizeram a McLaren e a Chevrolet, com quem Castroneves já andava junto nas provas de Penske, como a Indy 500.

“É ótimo voltar a um carro da Indy. A McLaren e a Chevrolet fizeram um trabalho fenomenal me dando as ferramentas que eu precisava para a corrida. Obviamente, a gente estava um pouco sem ritmo”, disse.

Helio Castroneves em Indianápolis de McLaren (Foto: IndyCar)

O brasileiro celebrou a possibilidade de reagir na corrida 2 do final de semana, o GP de Indianápolis 3. Castroneves entende que a McLaren tem margem para evoluir.

“De toda forma, foi uma ótima chance de ver o que precisamos fazer para entender o carro. Faremos alguns ajustes para amanhã e essa é a grande notícia: temos um novo dia para fazer tudo de novo”, completou.

Helio larga em 20º, enquanto O’Ward vai sair da quinta posição. A bandeira verde está prevista para 15h30 (em Brasília).

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube