Castroneves crava melhor marca do dia e encerra segundo treino livre no Alabama na primeira colocação

Brasileiro da Penske superou Alex Tagliani, o segundo colocado, por 0s074. Primeiro colocado mais cedo, Tristan Vautier ficou com a terceira marca

As imagens da sexta-feira no Alabama estão na supergaleria

Vencedor da primeira corrida no Alabama, Helio Castroneves mostrou que vem forte na disputa pela vitória e conseguiu ser o mais rápido no segundo treino livre da Indy nesta sexta-feira (5) ao superar Alex Tagliani, que apareceu nos minutos finais e foi a surpresa da sessão. Aliás, o brasileiro da Penske superou o tempo feito por Tristan Vautier na primeira sessão e encerrou o dia com o melhor tempo no geral.

Líder na primeira sessão, Vautier começou mal, mas logo pegou ritmo e terminou na terceira colocação. Quarto colocado, Simon Pagenaud chegou a liderar a atividade por alguns instantes e ficou apenas 0s208 do líder. Visando a recuperação após uma primeira etapa cheia de problemas, Will Power ficou em quinto.

Scott Dixon, EJ Viso, A.J Allmendiger, James Jakes e Takuma Sato completaram o grupo dos dez melhores colocados. Atual campeão, Ryan Hunter-Reay foi o 12º, três posições à frente de James Hinchcliffe, 15º.Tony Kanaan ficou na 16ª colocação, enquanto Bia Figueiredo, mais uma vez, foi a última colocada.

Os pilotos têm mais um treino livre neste sábado. Algumas horas depois, eles retornam à pista para o classificatório. A corrida está marcada para domingo (7).

Helio Castroneves foi o mais rápido do dia em Barber (Foto: Getty Images)

Confira como foi o segundo treino livre no Alabama
 
A segunda sessão de treinos livres começou com Simona de Silvestro marcando 1min10s021, um tempo muito acima do feito por Tristan Vautier na primeira atividade do dia. E diferente do visto mais cedo, 16 pilotos trataram de colocar seus carros na pista logo nos primeiros minutos.
 
Muitos pilotos se revezaram na primeira colocação nos primeiros sete minutos de sessão, como Sébastien Bourdais e James Hinchcliffe – que superou o francês em 0s087 para assumir o primeiro posto. Mas logo ele foi superado por Will Power, o primeiro a entrar na marca de 1min08s nesta atividade. Na parte de baixo da tabela de tempos, Helio Castroneves ocupava a sétima colocação, enquanto Tony Kanaan era o 15º. Bia Figueiredo ainda não havia feito tempo até então.
 
Com a pista visivelmente melhor do que no primeiro treino, 21 pilotos já tinham registrado tempos. Após um momento de agitação e com vários carros na pista, o movimento diminuiu drasticamente quando o relógio apontava pouco mais de 30 minutos para o encerramento dos trabalhos.
 
Ryan Hunter-Reay e Sebastian Saavedra eram os únicos que seguiam tentando melhorar suas marcas, enquanto os outros estavam nos boxes. E o atual campeão conseguiu subir para segundo, com 1min09s130. Aliás, a Andretti mostrava bom ritmo mais uma vez, colocando seus quatro pilotos entre os dez melhores.
 
Parte dos cinco primeiros nos boxes, mudanças aconteceram na ordem. Por exemplo, Scott Dixon deixou Dario Franchitti para trás e subiu para terceiro. E o neozelandês acabou assumindo a primeira colocação ao marcar 1min08s844, mas a alegria do piloto da Ganassi durou pouco.
 
Simon Pagenaud foi 0s081 mais rápido que Dixon e era o primeiro colocado da sessão. Saindo do limbo da tabela, James Jakes foi pata quarto e deixou Hunter-Reay em quinto. Enquanto isso, todos os brasileiros estavam abaixo do top-10, sendo Castroneves, 14º, o melhor piloto.
 
Um surpreendente Alex Tagliani pulou para primeiro com menos de 15 minutos para o final da atividade. Voltando à Indy após um longo período na Nascar, incluindo uma suspensão por doping, A.J Allmendinger fazia um bom treino e ocupava a quarta colocação.
 
A primeira posição de Tagliani não durou muito. E quem superou o então primeiro colocado foi Castroneves, que cravou 1min08s554. Na 25ª colocação, Vautier não fazia, nem de longe, sua melhor apresentação na pista do Alabama. Assim como mais cedo, uma batida faltando pouco mais de sete minutos para o encerramento causou uma bandeira vermelha e interrompeu a atividade. Mostrando que é um atrativo para os muros, EJ Viso bateu e acabou causando a paralisação.
 
Os pilotos tiveram pouco mais de 1min30s para retornarem à pista, e quase todos fizeram isso, mas nada foi mudado e Castroneves encerrou o dia com a melhor marca.

Indy, GP do Alabama, Treino livre 2:

1 Helio CASTRONEVES BRA Penske Chevrolet   1:08.554  
2 Alex TAGLIANI CAN Bryan Herta Honda   1:08.628 +0.074
3 Tristan VAUTIER FRA Schmidt Peterson Honda   1:08.672 +0.118
4 Simon PAGENAUD FRA Schmidt Peterson Honda   1:08.762 +0.208
5 Will POWER AUS Penske Chevrolet   1:08.806 +0.252
6 Scott DIXON NZL Ganassi Honda   1:08.844 +0.290
7 Ernesto VISO VEN Andretti Chevrolet   1:08.855 +0.301
8 AJ ALLMENDINGER EUA Penske Chevrolet   1:08.911 +0.357
9 James JAKES ING RLL Honda   1:08.947 +0.393
10 Takuma SATO JAP Foyt Honda   1:08.981 +0.427
11 Justin WILSON ING Dale Coyne Honda   1:08.991 +0.437
12 Ryan HUNTER-REAY EUA Andretti Chevrolet   1:09.052 +0.498
13 Oriol SERVIÀ ESP DRR Chevrolet   1:09.138 +0.584
14 Dario FRANCHITTI ESC Ganassi Honda   1:09.194 +0.640
15 James HINCHCLIFFE CAN Andretti Chevrolet   1:09.260 +0.706
16 Tony KANAAN BRA KV Chevrolet   1:09.275 +0.721
17 Simona DE SILVESTRO SUI KV Chevrolet   1:09.277 +0.723
18 Charlie KIMBALL EUA Ganassi Honda   1:09.323 +0.769
19 Marco ANDRETTI EUA Andretti Chevrolet   1:09.345 +0.791
20 Sébastien BOURDAIS FRA Dragon Chevrolet   1:09.348 +0.794
21 Josef NEWGARDEN EUA Fisher Hartman Honda   1:09.508 +0.954
22 Graham RAHAL EUA RLL Honda   1:09.631 +1.077
23 JR HILDEBRAND EUA Panther Chevrolet   1:09.717 +1.163
24 Ed CARPENTER EUA Carpenter Chevrolet   1:10.294 +1.740
25 Sebastian SAAVEDRA COL Dragon Chevrolet   1:10.444 +1.890
26 Bia FIGUEIREDO BRA Dale Coyne Honda   1:11.236 +2.682

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube