Indy

Castroneves minimiza vantagem de 31 pontos na tabela da Indy: “Ainda faltam muitas corridas”

O brasileiro comemorou o sexto resultado em Mid-Ohio, quando conseguiu segurar Scott Dixon, e afirmou que a Penske continua precisar pensando na consistência nas etapas finais de 2013

Warm Up / Redação GP, de São Paulo

Líder da temporada 2013 da Indy, Helio Castroneves segue colhendo os benefícios de ocupar a primeira colocação na tabela de pontos. Após conquistar o décimo top-10 consecutivo na categoria, o brasileiro afirmou que o resultado de Mid-Ohio foi importantíssimo, pois pôde segurar Scott Dixon e se distanciar ainda mais do neozelandês na luta pelo título.

“Em Mid-Ohio, nós corremos os riscos necessários, não os desnecessários, e eu estou orgulhoso de julgar isso”, disse o piloto. “Quando vi que Scott estava atrás e Hunter-Reay à frente, eu pensei ‘Ok, se eles tentaram alguma coisa besta, vai me beneficiar’. Eles são experientes o suficiente para pensar o mesmo”, declarou.
Castroneves segurou Dixon nas voltas finais do GP de Mid-Ohio (Foto: Mike Harding/IndyCar)

O piloto da Penske disse, ainda, que sabendo das dificuldades que já enfrentou em Mid-Ohio no passado, então a sexta colocação obtida foi um resultado a ser comemorado. Assim, a partir de agora, o ideal é que a equipe americana continue tendo uma abordagem inteligente nas etapas finais.

“Eu senti que foi como uma vitória com as expectativas que tínhamos para a corrida, levando em conta o que aconteceu no passado, não ter nenhuma bandeira amarela. Nós pudemos nos colocar em uma posição à frente do nosso maior adversário no campeonato. Precisamos continuar fazendo o que estamos fazendo porque está funcionando”, acrescentou o piloto.

Helio, por fim, descartou que o campeonato já esteja ganho, mesmo com uma vantagem de 31 pontos para Dixon. “Eu não penso que o primeiro lugar esteja garantido. Ainda há muitos pontos pela frente e faltam muitas corridas”, encerrou.

A próxima etapa da Indy está marcada para 25 de agosto, em Sonoma.