Castroneves vibra com vitória em Edmonton e lembra 2010

Helio Castroneves conquistou a vitória neste domingo (22) em Edmonton, pulando para a vice-liderança do campeonato. O piloto da Penske lembrou a desclassificação de 2010, mas disse que o triunfo hoje foi fantástico

 

"Eu acho que esse lugar nos devia isso". Essa foi a primeira frase de Helio Castroneves depois da vitória em Edmonton neste domingo (22). Mais uma vez, o piloto provou que não esqueceu a desclassificação que sofreu em 2010 e que custou o triunfo naquela oportunidade. Hoje, o piloto da Penske não deu chances, soube ser paciente e chegou à ponta da corrida após superar o então líder, Alex Tagliani, logo depois da segunda rodada de pit-stop.

"Eu nunca vou esquecer o que aconteceu naquele dia, mas certamente já virei a página. Hoje foi um grande dia para mim e para a equipe. Nós estivemos rápidos aqui durante todo o fim de semana e fomos capazes de vencer novamente", acrescentou Helio, para em seguida celebrar o triunfo, o segundo da temporada de 2012.

 

Castroneves celebra vitória em Edmonton (Foto: INDYCAR/LAT USA)

 

"Foi fantástico", afirmou o brasileiro, que ainda teve de lidar com a pressão de Takuma Sato na parte final da corrida. "Bem, todos aqui conhecem Takuma. Certamente, eu tinha isso na minha cabeça e apenas me concentrei em não dar nenhuma chance sequer a ele. Por isso, optei por uma estratégia diferente. Eu sabia quando e onde ser mais forte e soube manter a calma o tempo todo. Também procurei poupar o carro e o push-to-pass para me defender se fosse preciso", explicou o piloto.

"No final, só procurei me certificar que tinha tudo sob controle para proteger a minha posição. Durante as 20 últimas voltas, eu sabia que estava muito forte, especialmente na parte interna da pista. Mas o meu carro estava muito bom de retas. Com isso, fui capaz de me manter na frente até o final", completou.

Castroneves também falou da disputa do título. A vitória no Canadá colocou Helio na vice-liderança do campeonato, 23 pontos atrás de Ryan Hunter-Reay, que segue líder da tabela de pontos da Indy, restando quatro etapas para o encerramento.

"Acho que nunca saímos da briga pelo campeonato. E agora estamos mais perto e aproveitando todas as oportunidades. Mas, aqui, basicamente o fim de semana jogou a nosso favor, principalmente com as punições dos caras da ponta. Mas será uma disputa difícil. (Will) Power tem um talento incrível. E Ryan está em um momento fantástico agora. Mas, no fim das contas, o importante é manter essa consistência", finalizou o brasileiro, que soma 339 pontos.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube