Com Allmendinger, Indy realiza treino no Texas para que novatos se adaptem a circuitos ovais

O diretor da categoria Beaux Barfield explicou que não há objetivos definidos para a atividade, mas as equipes serão encorajadas a fazer com que os pilotos testem todas as trajetórias para se sentirem à vontade

A edição de 2013 das 500 Milhas de Indianápolis começa nesta quarta-feira (27) para três pilotos. A.J. Allmendinger, Tristan Vautier e Carlos Muñoz vão participar de um treino dos novatos no oval do Texas, para se adaptarem às velocidades alcançadas pelos carros da Indy nesse tipo de pista.

O diretor da categoria Beaux Barfield explicou que a atividade é o primeiro passo na adaptação dos pilotos no típico traçado norte-americano. Por isso, a pista do Texas foi escolhida, pois é mais fácil de se adaptar que Indianápolis.

AJ Allmendinger estará de volta ao carro da Penske (Foto: IndyCar/LAT USA)

“O oval do Texas é um lugar difícil para correr, mas não é tão difícil de se adaptar quanto Indianápolis, então é uma boa oportunidade para esses pilotos se sentirem à vontade com a velocidade”, disse. “Eu quero me certificar de que eles peguem o ritmo e saibam o que acontece ao redor”, declarou.

Mesmo estreando em ovais na categoria norte-americana, correr nesse tipo de pista não é uma novidade para o trio. Allmendinger, que vai andar em um terceiro carro da Penske, competiu nos últimos seis anos na Nascar e antes disso já havia corrido na Champ Car. Vautier e Muñoz têm experiência na Indy Lights.

Barfield disse, ainda, que um dos objetivos do treino é fazer com que os pilotos se sintam à vontade para andar em qualquer trajetória. “Há algumas ondulações em alguns pontos que eles precisam tomar cuidado, e eu vou motivá-los a testar novas trajetórias assim que estejam mais adaptados, para andarem em linhas diferentes”, acrescentou.

Apesar de ter objetivos definidos, o dirigente afirmou que a atividade é diferente da que acontece em Indianápolis, onde os pilotos precisam cumprir objetivos para serem aprovados para a corrida. O dirigente explicou que dessa vez os competidores estarão livres para andar como quiserem, mas as equipes serão encorajadas a tentar coisas novas.

“Nós somos específicos sobre o que queremos no Programa de Orientação aos Novatos em Indianápolis, mas somos muito mais abertos em como conduzir um treino com estreantes em outras pistas. Não vai haver nenhuma fase de velocidade nesta sessão, mas vou falar para as equipes fazerem os pilotos se sentirem confortáveis com o carro e com as velocidades”, encerrou.

Além dos estreantes, Ed Carpenter, Simon Pagenaud, Takuma Sato, Ed Carpenter, Graham Rahal e James Jakes também estarão na pista.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube