Com ousado patrão Roger Penske na estratégia em 2013, Castroneves brinca: “Estou mantendo a calma”

Neste fim de semana, Helio Castroneves começou a trabalhar com Roger Penske como estrategista. Segundo o piloto, embora Penske às vezes desenhe umas táticas “loucas”, é bom tê-lo por perto por causa de seu raciocínio rápido

A temporada 2013 será a 14ª de Helio Castroneves na equipe Penske, mas será a primeira em que ele terá como estrategista o dono do time, Roger Penske. Desde o início deste fim de semana, em São Petersburgo, é o poderoso chefão quem conversa com Castroneves pelo rádio durante as atividades de pista. Embora ainda tímido e sem querer peitar o norte-americano, o brasileiro está contente por trabalhar com alguém que tenha um raciocínio tão rápido, o que pode fazer a diferença em provas apertadas.

“O Roger é um macaco velho. Ele realmente tem experiência de corrida. Como está há tanto tempo neste ‘business’, ele pensa muito rápido”, elogiou o piloto em entrevista ao Grande Prêmio em St. Pete.

Helio Castroneves precisa se controlar para falar o que não deve ao dono da Penske pelo rádio (Foto: Shawn Gritzmacher/IndyCar)

Mas esse macaco velho é conhecido por ser um tanto ousado e nem sempre certeiro nos planos que faz. O próprio Castroneves reconheceu: “Às vezes ele faz umas estratégias loucas e, da mesma maneira que erra, também acerta. Eu prefiro, mesmo assim, porque hoje em dia está tão competitivo que quem pensar primeiro leva”.

No automobilismo, normalmente as estratégias são desenhadas em conjunto pelo piloto e seu engenheiro – às vezes, até mesmo Dá para discutir com o seu Roger Penske? “Por enquanto, eu estou mantendo a calma. É a primeira corrida, não dá para discutir muito não!”, gargalhou Castroneves.

Helio já levou até bronca por estar quieto demais, contou. “Às vezes, você não fala nada no rádio e ele: ‘Fala, meu! Você está morto aí?’. Eu falei ‘ok, Roger’”. Mas ele disse que não é difícil lidar com o patrão. “Por mais que ele seja o chefe, ele não se põe nessa situação, ele se põe na situação como um jogador de equipe, por isso que é tão especial”, finalizou.

Falando em estratégia, Castroneves vai começar a corrida deste domingo (24), em St. Pete, na quinta posição e conta também com a tática de boxes para crescer na disputa. Neste ano, a duração da corrida foi aumentada em dez voltas com o intuito de evitar que os times utilizem táticas de economia de combustível e motivar mais brigas diretas na pista. O brasileiro é o atual vencedor da prova.

O Grande Prêmio acompanha ‘in loco’ a abertura da temporada 2013 da Indy, em São Petersburgo, com o repórter Renan do Couto

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube