Com patrocínio apenas até décima etapa, Kanaan garante: “Nós vamos correr o ano inteiro”

KV e Tony Kanaan ainda buscam por parceiros para as nove últimas corridas da temporada 2013, mas o brasileiro garantiu que, independente disso, estará no grid em todas as provas do campeonato

As informações em tempo real direto de São Petersburgo
As imagens da sexta-feira em São Petersburgo
A volta virtual em São Petersburgo
Especial Indy

A equipe KV e o piloto brasileiro Tony Kanaan começam a temporada 2013 da Indy ainda procurando patrocinadores para nove das 19 corridas marcadas para este ano. Na última quinta-feira (22), em São Petersburgo, o time apresentou a marca de suplementos Hydroxycut como parceira para nove etapas, e já tinha definido o patrocínio da Itaipava para a etapa de São Paulo da categoria. Mesmo assim, conseguindo ou não novos apoiadores, a presença de Tony na temporada toda não está ameaçada.

Em entrevista exclusiva ao Grande Prêmio na Flórida, Kanaan admitiu que a procura “está difícil”, mas garantiu que não deixará o campeonato em seu decorrer.

Carro de Kanaan chama a atenção em São Petersburgo por uma pintura que foge ao 'senso comum' do automobilismo (Foto: Chris Jones/Indycar)

“Os fãs e o pessoal no Brasil podem ficar tranquilos porque, graças a Deus, a gente tem um dono de equipe que tem um poder aquisitivo bom [Kevin Kalkhoven, sócio de Jimmy Vasser], então acho que, se a gente fizer direito, ele não vai deixar a gente na mão”, afirmou Kanaan. Há, ainda, alguns contratos de patrocínio pessoais de Kanaan.

Segundo o baiano, caso, após a etapa de Iowa, marcada para 23 de junho, ele e a KV não tenham se acertado com novos patrocinadores ou mesmo ampliado o vínculo com a Hydroxycut, “quem vai pagar a conta é o patrão”.

“Precisa deixar explicado porque senão o pessoal vai achar que eu vou fazer dez corridas, o que não é o caso. Nós vamos correr o ano inteiro”, completou Kanaan.

Companheira do brasileiro, Simona de Silvestro não enfrenta o mesmo dilema. Ao assinar com a KV, ela levou consigo um acordo com uma empresa de energia nuclear válido para toda a temporada.

O Grande Prêmio acompanha ‘in loco’ a abertura da temporada 2013 da Indy, em São Petersburgo, com o repórter Renan do Couto

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube