carregando
Indy

Daly vibra com ritmo em Gateway, mas diz: “Quero brigar por vitórias e títulos”

Conor Daly fez um ótimo GP de Gateway e ficou bem animado com perspectivas de estar no grid em tempo integral em 2020. Mas o americano sonha alto: quer vitórias e até título

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
Conor Daly teve um desempenho gigantesco no GP de Gateway da Indy. No final de semana, o americano conquistou o segundo melhor resultado da história da Carlin, chegando em um sexto lugar que poderia ter sido até pódio não fosse uma bandeira amarela em hora errada de Sébastien Bourdais. Daly saiu feliz com o ritmo, nem tanto com o resultado final, mas já projeta 2020, buscando uma vaga como titular para sonhar mais alto.
 
Conor, que é tido como um dos candidatos a uma vaga na novata McLaren, ainda não tem nada certo para o próximo ano, mas trabalha não apenas por um lugar no grid, mas em um carro que seja competitivo para brigar na frente.
 
"Não sei ainda, mas eu quero muito estar no grid, quero disputar vitórias, disputar títulos. Mas vamos tentar dar um passo de cada vez. Eu me sinto muito competitivo, tenho sido sólido, consegui ir para frente e brigar com os pilotos mais rápidos como Simon Pagenaud e Alexander Rossi. Disputar com esses caras é muito divertido, só posso me orgulhar", disse.
Conor Daly quer vitórias e títulos na Indy (Foto: Indycar)
O americano celebrou a velocidade e performance em Gateway, mas admitiu que queria mais pela situação da prova. Agora, vai para Laguna Seca no quinto carro da Andretti.
 
"Estou muito feliz com o que fizemos em Gateway. O carro estava forte, consistente a noite toda. Fomos achando os ajustes a cada pit-stop, fomos muito velozes com ar limpo. Acho que dava para ir ao pódio, por isso que fica um pouco frustrante. O jogo de estratégias da Indy é louco, fomos meio azarados, mas mesmo azarados chegamos no sexto lugar, incrível. Fiquei muito feliz com o acordo com a Carlin, fechar ele com esse resultado foi ótimo, agradeço muito a chance", completou.
 
Daly vive um ano muito bom, apesar das poucas provas realizadas. Pela Andretti, foi décimo na Indy 500, enquanto conseguiu quatro provas bem decentes com a modesta Carlin, com destaque para o sexto lugar em Gateway.
 

Paddockast #30
SHOW DO MILHÃO!


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.