De chegada ao Road to Indy, Kiko Porto estreia na USF2000 em 2020

Após um ano de vice-campeonato na F4 Estados Unidos, Kiko Porto permanece ligado à equipe DEForce, mas agora no caminho para a Indy: vai guiar na temporada 2020 da USF2000

Tem nome novo começando a escalar a ladeira do Road to Indy nos Estados Unidos: a DEForce anunciou a promoção de Kiko Porto para disputar a temporada 2020 da USF2000. Será o primeiro ano do piloto no guarda-chuvas da Indy.
 
Porto já estava nos Estados Unidos, entretanto. Na atual temporada, disputou o campeonato da F4 Norte-Americana – um de três brasileiros a andar por todo o ano. Porto foi vice-campeão, atrás apenas do australiano Josua Car, e venceu três provas. Terminou inclusive à frente de Arthur Leist, já no segundo ano da categoria. 
 
"Estou muito feliz em anunciar que vou correr pela DEForce na USF2000 em 2020. Espero aprender muito neste ano e vencer algumas corridas", afirmou em vídeo gravado para as redes sociais da equipe. 
O anúncio da DEForce (Foto: DEForce)
Na realidade, Porto já disputou a F4 pela DEForce e agora ganhou a chance de partir para a versão da equipe na Indy. O único piloto que disputou todas as etapas do campeonato em 2019 pela DEForce foi o mexicano Manuel Sulaimán, que terminou na sexta colocação. 
 
Contudo, Eduardo Barrichello, filho de Rubens, fez as últimas quatro corridas do último campeonato da USF2000 pela DEForce e foi ao top-10 em todas elas. 
 
Por enquanto, Kiko é o único piloto anunciado para o projeto da USF2000, enquanto o canadense Nico Christodoulou foi confirmado para a vaga na F4.

Paddockast # 44
RETROSPECTIVA 2019: MUITO QUE BEM, MUITO QUE MAL

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube