De Ferran vê “dia positivo” em primeiro teste da McLaren e elogia “talentosa dupla”

Gil De Ferran mostrou bastante otimismo com a primeira ida do carro da McLaren para a pista. Comandado por Pato O'Ward, o chefe do time na Indy falou em dia positivo, elogiou a dupla talentosa de competidores, formada também por Oliver Askew, e mostrou total comprometimento com o projeto

Gil De Ferran se mostrou um tanto quanto otimista após o primeiro teste da McLaren. Na última semana, em Sebring, o chefe da equipe na Indy avaliou a ida para a pista como positiva em todos os aspectos.
 
O cenário é bastante diferente da última vez que a equipe esteve envolvida com a categoria norte-americana. No dia 19 de maio, Fernando Alonso foi ‘bumpado’ das 500 Milhas de Indianápolis, ficando fora da icônica prova.
 
Mas então, a escuderia inglesa anunciou que estaria de forma integral na temporada 2020 ao comprar a Schmidt-Peterson. Ainda, anunciou uma dupla totalmente nova, com os rookies Oliver Askew e Pato O’Ward.
 
Na última quinta-feira, foram até Sebring para um teste. Dentro do carro estava o mexicano, com seu companheiro acompanhando de tudo do lado de fora. “Pato fez um ótimo trabalho, não errou nada, se adaptou rapidamente e foi tudo bem”, falou De Ferran a emissora ‘NBC’.
Gil de Ferran (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)

“Foi um dia positivo em todos os aspectos. Trabalhar juntos, construir uma equipe juntos e embarcar nesse time juntos foi muito positivo. Esse é o começo de uma jornada que embarcamos meses atrás e que faz muito nos bastidores. Os caras da SPM e nós colocamos muito nessa parceria. Por trás das cortinas estamos trabalhando duro juntos”, seguiu.
 

“Somos todos racers. Queremos ver os carros na pista. Foi bom estar na pista. Temos uma longa caminhada na nossa frente, mas é bom trabalharmos juntos, na pista, como o carro está indo, o motor funcionando e como o piloto está indo. Primeiro dia na pista para a Arrow McLaren Racing SP. Um bom dia” continuou.
 
A chegada da McLaren à Indy ainda veio em meio a uma turbulência: a saída forçada de James Hinchcliffe do time. O canadense, que estava apalavrado no time, lamentou bastante a situação, e Gil voltou a comentar brevemente.
 
“Eles ambos são muito jovens, mas estão na área faz algum tempo. Não é que não sabem nada sobre corridas. Estão correndo desde que são crianças. Falando no geral, como uma tendência no automobilismo, começam mais cedo do que eu comecei. Entram em carros muito novos e tendem a atingir esse nível de esporte em uma idade muito mais nova do que quando comecei”, falou.
Patricio O'Ward (Foto: Indy)
“Mesmo que não tenham muita experiência na Indy, muitos membros do time podem ajudá-los no desenvolvimento. Esses caras são muito comprometidos e de alto nível. Venceram muitas corridas e campeonatos antes de virem para nossa equipe”, continuou.
 
“Não tenho nada mais a dizer sobre isso do que já disse antes. Até onde sei, é cabeça baixa, temos que correr. Estamos em uma jornada juntos com essa parceria e dois jovens pilotos que são muito comprometidos e têm muito talento”, disse.
 
“Nosso trabalho é entregar o resultado na pista. É lá que está meu foco. Estou completamente focado em melhorar cada aspecto de tudo o que fazemos fora da pista. Uma coisa eu garanto: de qualquer lugar que começarmos, esse foco de melhorar tudo que fazemos vai continuar em frente”, emendou.
 
“Vamos continuar olhando para oportunidades de melhorar. Eventualmente, boas coisas irão acontecer”, concluiu.
 

Paddockast # 41
MAIORES VITÓRIAS DE HAMILTON NA F1

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar