Decepcionado com corrida cheia de problemas em Pocono, Kanaan lamenta: “Não era nosso dia”

Tony Kanaan saiu das 500 Milhas de Pocono muito desapontado com o resultado final. Os problemas mecânicos recorrentes impediram que o carro #10, apesar de veloz, fosse levado a algo melhor que o nono posto

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Foi um dia para Tony Kanaan esquecer. Problemas mecânicos por todo o decorrer das 500 Milhas de Pocono desta segunda-feira (22). Embora tivesse uma Ganassi veloz, não conseguiu se livrar das complicações e ficou numa nona colocação que não o deixou feliz.

 
Os problemas começaram nos boxes, pouco depois da longa bandeira amarela que seguiu o acidente triplo entre Helio Castroneves, Alexander Rossi e Charlie Kimball. E seguiram até o final. Jamais conseguiu se aproximar. A Ganassi teve no sexto lugar de Scott Dixon seu melhor posto.
Tony Kanaan em Pocono (Foto: IndyCar)
"A gente não conseguia ter um tempo de paz durante a corrida de hoje. Todas as vezes que fazíamos uma investida crescendo no pelotão, algo dava errado", disse Tony. 
 
"Tivemos um problema mecânico perto do final que estava afetando o sistema de combustível e causou muitos problemas para nós. Depois perdemos um pedaço da proteção do para-choquesque causou uma bandeira amarela. Não era nosso dia", encerrou o piloto.
 
A temporada da Indy segue no próximo sábado, 27 de agosto, para recomeçar o GP do Texas a partir da 72ª volta. Em setembro, Watkins Glen e Sonoma encerram a temporada 2016 da categoria norte-americana.
 
PADDOCK GP #42 RECEBE LUCAS DI GRASSI

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube