Depois de acidente, Kanaan lamenta erro “inesperado” em Pocono: “Não faço ideia de o que aconteceu”

Tony Kanaan chegou a liderar a etapa de Pocono da Indy, disputada neste domingo (23), sonhando com aquela que seria sua primeira vitória em 2015. Todavia, um movimento “inesperado” do carro jogou o brasileiro contra o muro e acabou com suas chances de conseguir um bom resultado na penúltima prova da temporada

A tarde de Tony Kanaan em Pocono até parecia promissora, mas terminou em decepção. O brasileiro, que chegou a liderar a prova da Indy disputada neste domingo (23), perdeu o controle de sua Ganassi e bateu no muro do tri-oval.
 
O acidente, que aconteceu quando faltavam 69 voltas para o fim, determinou que Kanaan acabasse o dia como 19º colocado em Pocono. A prova foi vencida por Ryan Hunter-Reay.
Tony Kanaan terminou o dia nas muretas de Pocono (Foto: IndyCar)
“Não faço ideia de o que aconteceu lá, especialmente naquela curva. Simplesmente não é uma curva difícil para nós. Sei que disseram que eu provavelmente estava sobre a linha branca, mas eu não faço ideia. Não vi as imagens on-board, mas só perdi o carro”, contou Tony.
 
Apesar do movimento inesperado, Kanaan fez questão de destacar que o carro #10 não estava ruim.
 
“Foi inesperado, tínhamos um bom carro. Nós iríamos fazer mais dois pits, estávamos salvando combustível. É uma pena, mas fico feliz por estarmos inteiros e prontos para continuar em Sonoma”, concluiu.
 
Com o resultado de Pocono, Kanaan fechou o dia na nona colocação na classificação da Indy. Com 366 pontos, o brasileiro está matematicamente fora da briga pelo título, que será decidida em Sonoma, na última prova da temporada 2015.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube