Disputando Indy e ALMS em Baltimore, Junqueira não se importa com cansaço: “Eu amo isso”

Substituto de Josef Newgarden na Sarah Fisher, Bruno Junqueira ressalta décima colocação no treino classificatório, que virou 20ª após uma punição. Também competindo pela ALMS em Baltimore, ele descarta cansaço

Piloto regular na ALMS, Bruno Junqueira foi convidado pela Sarah Fisher para substituir Josef Newgarden, que se lesionou no GP de Sonoma, disputado no último final de semana após se envolver em um acidente com Sébastien Bourdais. Sem guiar na Indy regularmente desde 2008, o brasileiro lamentou ter pouco tempo para se adaptar ao novo carro.

"Este fim de semana tem sido um grande desafio, porque fazia muitos anos que não pilotava um carro da Indy. Na primeira sessão de treinos, só dei duas voltas por causa dos solavancos na pista. Na segunda sessão, só tive meia hora e na terceira sessão eu finalmente consegui algumas voltas”, comemorou. “Então, eu tive menos tempo do que eu pensei para me acostumar com o carro neste fim de semana”.

Bruno Junqueira agradeceu Sarah Fisher por carro competitivo em Baltimore (Foto: IndyCar/LAT USA)

Décimo colocado logo em sua volta, Junqueira lamentou a punição pela troca de motor que o fez perder dez posições e o jogou para 20º colocação do grid de largada. “Consegui dar o máximo nas primeiras duas voltas de qualificação e acabou décimo. Quem imaginaria que eu estaria em décimo? Então, eu estou muito feliz com os resultados de hoje”, afirmou.

Ele elogiou muito o trabalho da Sarah Fisher durante o final de semana. “Eu estou muito feliz com a equipe. Eles me deram um grande carro para minha primeira corrida na Indy neste ano”, agradeceu.

Falando da jornada dupla, o piloto releva qualquer tipo de cansado. “Estou na pole da corrida ALMS que começa duas horas após o fim do classificatório da Indy, por isso é um fim de semana agitado, mas eu estou pronto e eu amo isso", encerrou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube