Dixon anda abaixo do recorde da pista e comanda terceiro treino livre da Indy em Mid-Ohio. Kanaan é décimo

Scott Dixon fez ótimo trabalho e andou abaixo do recorde da pista em Lexington. O neozelandês fez 1min05s121 e bateu Josef Newgarden no TL3. Tony Kanaan foi o décimo e Helio Castroneves ficou em 19º

O terceiro treino livre da Indy para a etapa de Mid-Ohio trouxe grandes tempos. Com os pilotos acelerando desde os primeiros instantes deste sábado (1), as marcas despencaram, com Scott Dixon virando 1min05s121 e quebrando o recorde da pista que é de Gil de Ferran e Dario Franchitti: 1min05s347. Foi o segundo treino seguido que o neozelandês liderou em uma pista em que tem ótimo histórico.

Josef Newgarden voltou a andar muito forte em Lexington e fechou a atividade na segunda colocação, 0s362 mais lento que Dixon. Charlie Kimball foi o terceiro, enquanto Sébastien Bourdais voltou a brilhar e foi quarto.

Logo atrás veio Ryan Hunter-Reay, seguido por seu companheiro Marco Andretti. Logo após e se recuperando do péssimo desempenho de sexta-feira, Juan Pablo Montoya provou que está vivo na disputa. Will Power foi o oitavo e Jack Hawksworth ficou em nono.

Tony Kanaan apareceu em décimo, enquanto Helio Castroneves foi apenas o 19º.

Com problemas no motor, Simon Pagenaud não passou de duas voltas na pista e teve a segunda sessão comprometida seguida, já que foi 22º no TL2.

Scott Dixon comandou também o TL3 em Mid-Ohio (Foto: IndyCar)

Confira como foi o TL3 da Indy em Mid-Ohio:

O último treino livre da Indy em Mid-Ohio começou pontualmente às 11h45. Mais ainda que no TL2, os pilotos correram para a pista para aproveitarem a sessão que, neste sábado, era encurtada – 45 minutos.

 
Em questão de apenas duas voltas de cada um, os tempos já começavam a baixar da casa de 1min09s. No terceiro giro, Justin Wilson, Josef Newgarden, Jack Hawksworth, Charlie Kimball, Will Power e Tristan Vautier já rompiam a barreira dos 1min08s.
 
Com apenas dez minutos de treino, quem puxava a fila era Kimball, já com 1min06s449. Wilson vinha logo atrás, seguido por Marco Andretti, Sage Karam e Helio Castroneves.
 
Os tempos seguiam melhorando bastante. Graham Rahal, então, encontrou uma ótima volta em 1min06s097, já próximo da marca de Scott Dixon no TL2. Dixon, por sinal, vinha apenas em décimo com 1min06s669.
 
Após os primeiros 15 minutos, Power aparecia na ponta com um tempo de respeito: 1min05s622. Dixon era outro que já havia rompido a barreira de 1min06s, enquanto Rahal era o terceiro.
 
O terceiro piloto a deixar a casa de 1min06s foi Kimball, que vinha fazendo um treino consistente e com bons tempos com sua Ganassi.

A briga pelas primeiras colocações esquentava, com Dixon melhorando seu tempo em 1min05s7, Rahal pulando para 1min05s8 e Kanaan indo para 1min05s9.
 

Assim que o relógio marcava 30 minutos de treino livre, dez pilotos já haviam rompido a casa de 1min06s, enquanto Josef Newgarden saltava para a liderança, com Andretti na segunda colocação.
 
Hunter-Reay mostrou que a Andretti realmente veio com bom acerto e logo colou em Newgarden. O jovem da CFH tinha 1min05s483, enquanto o veterano da Andretti aparecia com 1min05s597.
 

Foi aí que Dixon chegou para andar bem abaixo do recorde da pista. O veterano foi de 1min05s121, mais de 0s2 mais veloz que o recorde da pista e deixou Newgarden para trás. 

No fim, Kimball e Bourdais apareceram para surpreender: terceiro lugar para o americano e quarto para o francês que seguia impressionando em Lexington.

Indy, Mid-Ohio, TL3:

1 9 SCOTT DIXON NZL GANASSI CHEVROLET 1:05.121   20
2 67 JOSEF NEWGARDEN EUA CFH CHEVROLET 1:05.483 +0.362 21
3 83 CHARLIE KIMBALL EUA GANASSI CHEVROLET 1:05.510 +0.389 25
4 11 SÉBASTIEN BOURDAIS FRA KV CHEVROLET 1:05.531 +0.410 19
5 28 RYAN HUNTER-REAY EUA ANDRETTI HONDA 1:05.597 +0.476 22
6 27 MARCO ANDRETTI EUA ANDRETTI HONDA 1:05.611 +0.490 20
7 2 JUAN PABLO MONTOYA COL PENSKE CHEVROLET 1:05.614 +0.493 21
8 1 WILL POWER AUS PENSKE CHEVROLET 1:05.622 +0.501 21
9 41 JACK HAWKSWORTH ING FOYT HONDA 1:05.635 +0.514 22
10 10 TONY KANAAN BRA GANASSI CHEVROLET 1:05.704 +0.583 21
11 5 RYAN BRISCOE AUS SCHMIDT PETERSON HONDA 1:05.766 +0.645 22
12 7 JAMES JAKES ING SCHMIDT PETERSON HONDA 1:05.769 +0.648 18
13 14 TAKUMA SATO JAP FOYT HONDA 1:05.823 +0.702 19
14 15 GRAHAM RAHAL EUA RLL HONDA 1:05.830 +0.709 26
15 4 STEFANO COLETTI MCO KV CHEVROLET 1:05.864 +0.743 17
16 20 LUCA FILIPPI ITA CFH CHEVROLET 1:05.930 +0.809 22
17 25 JUSTIN WILSON ING ANDRETTI HONDA 1:05.933 +0.812 24
18 8 SAGE KARAM EUA GANASSI CHEVROLET 1:05.957 +0.836 27
19 3 HELIO CASTRONEVES BRA PENSKE CHEVROLET 1:05.998 +0.877 25
20 98 GABBY CHAVES COL BRYAN HERTA HONDA 1:06.339 +1.218 23
21 18 RODOLFO GONZÁLEZ VEN DALE COYNE HONDA 1:06.512 +1.391 25
22 26 CARLOS MUÑOZ COL ANDRETTI HONDA 1:06.517 +1.396 23
23 19 TRISTAN VAUTIER FRA DALE COYNE HONDA 1:06.593 +1.472 24
24 22 SIMON PAGENAUD FRA PENSKE CHEVROLET 1:18.811 +13.690 2
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube