Dixon comanda segundo treino livre da Indy marcado por paralisações em Fontana. Kanaan é nono

Scott Dixon liderou a segunda sessão de treinos livres da Indy em Fontana. Simon Pagenaud apareceu para ficar na segunda colocação. Tony Kanaan foi o nono e Helio Castroneves ficou em 14º

Scott Dixon mostrou que a Ganassi vem forte para as 500 Milhas de Fontana. Nesta sexta-feira (26), o neozelandês dominou o segundo treino livre e virou 33s084, 0s117 mais rápido que o segundo colocado Simon Pagenaud. Ed Carpenter completou o top-3 de carros da Chevrolet com a CFH no terceiro lugar.

Melhor da Honda, Takuma Sato ficou em quarto, seguido por Juan Pablo Montoya e Marco Andretti. Mais rápido do primeiro treino livre, Ryan Briscoe ficou em sétimo. Sage Karam, Tony Kanaan e Jack Hawksworth fecharam o grupo dos dez mais rápidos. Helio Castroneves foi apenas o 14º.

O treino que define o grid de largada para as 500 Milhas de Fontana acontece ainda nesta sexta-feira, a partir das 20h45 (em Brasília).

Scott Dixon foi o melhor do TL2 em Fontana (Foto: AP)

Confira como foi o segundo treino livre em Fontana:

O segundo treino livre da Indy em Fontana começou novamente com um piloto da Honda na frente. Logo nos primeiros minutos, Marco Andretti saltou para a ponta com 33s298.

 
Não tardou para que surgisse a primeira paralisação com bandeira amarela. Mais precisamente, apenas dez minutos após o início da sessão, novamente para inspeção da pista. A bandeira verde voltou cinco minutos depois e o top-5 apontava Andretti, Sage Karam, Carlos Muñoz, Helio Castroneves e Ryan Hunter-Reay.
 
As mudanças na liderança aconteceram logo que o treino foi retomado. Ed Carpenter primeiro colocou a CFH na dianteira, mas poucos segundos depois foi superado por Scott Dixon.
 
Muito bem no início do final de semana em Fontana, Ryan Briscoe rapidamente subiu para o quarto lugar, 0s228 atrás de Dixon.
 
Uma nova paralisação aconteceu pouco depois, outra vez por inspeção da pista. Dixon, Carpenter, Andretti, Briscoe e Karam apareciam nos primeiros lugares.
Os pilotos começavam a andar em ritmo de corrida e os melhores tempos seguiam os mesmos até que a terceira bandeira amarela apareceu na sessão.
 
Desta vez, era James Jakes parado na pista com o carro #7. O motor Honda estourou e causou uma grande paralisação no segundo treino.
 
Assim como no TL1, a direção de prova resolveu prolongar a sessão, colocando mais 15 minutos para os pilotos por causa da bandeira amarela causada por Jakes.
 

Simon Pagenaud repetiu o TL1 e saltou para o topo da tabela de tempos nos instantes finais e assumiu a segunda colocação. Montoya veio junto e subiu para quinto.

Indy, 500 Milhas de Fontana, TL2:

1 9 SCOTT DIXON NZL GANASSI CHEVROLET 33.084   41
2 22 SIMON PAGENAUD FRA PENSKE CHEVROLET 33.201 +0.117 51
3 20 ED CARPENTER EUA CFH CHEVROLET 33.209 +0.125 32
4 14 TAKUMA SATO JAP FOYT HONDA 33.281 +0.197 29
5 2 JUAN PABLO MONTOYA COL PENSKE CHEVROLET 33.295 +0.211 41
6 27 MARCO ANDRETTI EUA ANDRETTI HONDA 33.298 +0.214 52
7 5 RYAN BRISCOE AUS SCHMIDT PETERSON HONDA 33.312 +0.228 55
8 8 SAGE KARAM EUA GANASSI CHEVROLET 33.325 +0.241 45
9 10 TONY KANAAN BRA GANASSI CHEVROLET 33.369 +0.285 35
10 41 JACK HAWKSWORTH ING FOYT HONDA 33.411 +0.327 37
11 98 GABBY CHAVES COL BRYAN HERTA HONDA 33.533 +0.449 29
12 26 CARLOS MUÑOZ COL ANDRETTI HONDA 33.561 +0.477 32
13 28 RYAN HUNTER-REAY EUA ANDRETTI HONDA 33.569 +0.485 39
14 3 HELIO CASTRONEVES BRA PENSKE CHEVROLET 33.582 +0.498 51
15 83 CHARLIE KIMBALL EUA GANASSI CHEVROLET 33.598 +0.514 42
16 19 TRISTAN VAUTIER FRA DALE COYNE HONDA 33.650 +0.566 34
17 11 SÉBASTIEN BOURDAIS FRA KV CHEVROLET 33.754 +0.670 34
18 15 GRAHAM RAHAL EUA RLL HONDA 33.832 +0.748 49
19 4 STEFANO COLETTI MCO KV CHEVROLET 33.897 +0.813 42
20 67 JOSEF NEWGARDEN EUA CFH CHEVROLET 33.941 +0.857 32
21 1 WILL POWER AUS PENSKE CHEVROLET 33.965 +0.881 52
22 7 JAMES JAKES ING SCHMIDT PETERSON HONDA 34.191 +1.107 27
23 18 PIPPA MANN ING DALE COYNE HONDA 34.305 +1.221 56

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube