Dixon mostra força da Ganassi e lidera TL1 do GP de Mid-Ohio. Newgarden é 4º

O primeiro treino livre do GP de Mid-Ohio viu mais uma boa demonstração de ritmo da Ganassi, que foi para a ponta com Scott Dixon. Spencer Pigot fez um segundo lugar, enquanto Josef Newgarden apareceu em quarto. Alexander Rossi foi apenas 13º

Scott Dixon teve um ótimo início de final de semana de Indy em Mid-Ohio. Nesta sexta-feira (26), o neozelandês apareceu na frente com 1min06s097, batendo Spencer Pigot e fazendo o que precisa para tentar voltar a brigar pelo título: liderar sessões. 

O americano da Carpenter ficou em segundo apenas 0s148 mais lento que o neozelandês da Ganassi e foi seguido bem de perto por Simon Pagenaud, a melhor Penske da sessão.

Josef Newgarden não foi brilhante, mas teve um TL1 bem aceitável para quem lidera o campeonato com alguma margem. O americano foi quarto, 0s209 distante de Dixon. Seu maior rival, Alexander Rossi, foi apenas o 13º.

James Hinchcliffe ficou em quinto, seguido por Ryan Hunter-Reay, Will Power, Felix Rosenqvist, Sébastien Bourdais e Max Chilton, que completaram o grupo dos dez mais velozes do primeiro treino. Matheus Leist fechou em 19º e Tony Kanaan foi o 23º.

Scott Dixon liderou o TL1 em Lexington (Foto: Indycar)
Saiba como foi o TL1 em Mid-Ohio
 

O primeiro treino livre da Indy em Mid-Ohio começou pontualmente às 12h20 (em Brasília), com a pista logo recebendo vários carros, mas quase nenhuma volta rápida, já que rolaram muitas voltas de instalação.

 
Max Chilton foi o primeiro que registrou tempos, mas foi mera formalidade, primeiro acima dos 3min e depois acima dos 2min. Aí veio um trio andando um pouco mais rápido, com os suecos Felix Rosenqvist e Marcus Ericsson e RC Enerson por ali. Felix virava 1min06s991, 1s1 na frente de RC e 2s5 melhor que Marcus, voltas ainda bem estranhas.
 
O pelotão foi ficando mais ampliado com o passar do tempo, conforme a sessão ia chegando próxima da metade. Enerson reduziu para 0s6 a vantagem de Rosenqvist e foi seguido por Colton Herta, Chilton e Will Power.
 
A liderança trocou de mãos com 20 minutos para o fim, com Penske e Andretti indo ao topo, mas não com Josef Newgarden e Alexander Rossi. Simon Pagenaud virou 1min06s267, enquanto Ryan Hunter-Reay veio 0s2 acima.
 
Os minutos finais seriam realmente especiais, afinal, foi quando todo mundo resolveu que era hora de atacar. Spencer Pigot chegou a ficar um tempinho na liderança, mas seu 1min06s2 foi derrotado por Scott Dixon, que cravou 1min06s097. Newgarden surgia e se metia em quarto, atrás de Pagenaud e na frente de James Hinchcliffe.

Mas foi realmente essa sequência de voltas rápidas a última do TL1. Depois, mudanças apenas no pelotão intermediário e na contagem da quilometragem dos pilotos, mas Dixon, Pigot, Pagenaud e Newgarden na frente.

Indy 2019, GP de Mid-Ohio, TL1:

1 S DIXON Ganassi Honda 1:06.097   13
2 S PIGOT Carpenter Chevrolet 1:06.246 +0.149 14
3 S PAGENAUD Penske Chevrolet 1:06.267 +0.170 16
4 J NEWGARDEN Penske Chevrolet 1:06.306 +0.209 15
5 J HINCHCLIFFE SPM Honda 1:06.361 +0.264 14
6 R HUNTER-REAY Andretti Honda 1:06.449 +0.352 14
7 W POWER Penske Chevrolet 1:06.584 +0.487 18
8 F ROSENQVIST Ganassi Honda 1:06.605 +0.508 24
9 S BOURDAIS Dale Coyne Honda 1:06.740 +0.643 13
10 M CHILTON Carlin Chevrolet 1:06.936 +0.839 16
11 J HARVEY Meyer Shank Honda 1:07.036 +0.939 13
12 C HERTA Harding Honda 1:07.050 +0.953 18
13 A ROSSI Andretti Honda 1:07.104 +1.007 15
14 T SATO RLL Honda 1:07.147 +1.050 14
15 M ANDRETTI Andretti Honda 1:07.260 +1.163 15
16 E JONES Carpenter Chevrolet 1:07.297 +1.200 14
17 G RAHAL RLL Honda 1:07.328 +1.231 13
18 M ERICSSON SPM Honda 1:07.331 +1.234 21
19 M LEIST Foyt Chevrolet 1:07.368 +1.271 16
20 S FERRUCCI Dale Coyne Honda 1:07.420 +1.323 17
21 R ENERSON Carlin Chevrolet 1:07.658 +1.561 24
22 Z VEACH Andretti Honda 1:07.843 +1.746 15
23 T KANAAN Foyt Chevrolet 1:07.943 +1.846 13
 

 
Paddockast #25
Bênçãos e Maldições da Fórmula E

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube