Indy

Duas vezes vencedor da Indy 500, Unser Jr. é preso em Indiana por dirigir sob influência de álcool

Al Unser Jr. voltou a ser preso nas primeiras horas desta segunda-feira (20). O bicampeão da Indy e duas vezes vencedor das 500 Milhas de Indianápolis foi detido por dirigir sob a influência de álcool. É a quarta prisão de 'Little' Al, todas elas com envolvimento de álcool. Em 2007, o ex-piloto assumiu que sofre de alcoolismo

Grande Prêmio / Redação GP, do Rio de Janeiro
A semana da edição 2019 das 500 Milhas de Indianápolis começou bem complicada para alguém que já venceu duas vezes no oval do IMS: Al Unser Jr. foi preso na manhã desta segunda-feira (20). O ex-piloto de 57 anos foi detido na cidade de Avon, em Indiana, por dirigir sob a influência de álcool. Ele esteve na pista para o Pole Day do domingo.
 
Filho do também importante ex-piloto Al Unser, 'Little Al', como foi chamado durante toda a carreira, foi levado à prisão do Condado de Hendricks às 3h20 do horário local [4h20 de Brasília] e recebeu uma acusação OWI [Operating While Intoxicated, algo como agir enquanto alterado]. A fiança foi estabelecida em US$ 300 - R$ 1.225, na cotação do dia.
Al Unser Jr. tem no currículo duas vitórias nas 500 Milhas de Indianápolis (Foto: AP)
De acordo com informações do jornal americano 'IndyStar', Unser Jr. dirigia um Volkswagen Beetle quando foi abordado pela polícia. O ex-piloto andava a aproximadamente 95 km/h em trecho onde o limite de velocidade é de 72 km/h. Documentos indicam que a polícia encontrou Al com "olhos vermelhos e brilhantes, e fala arrastada". Os policiais sentiram cheiro de álcool, mas Unser Jr. seguiu negando consumo de bebidas, apesar de também recusar teste de bafômetro. A recusa, aliada aos sinais de alcoolismo, bastaram para uso de algemas.
 
Essa não foi a primeira vez em que Unser Jr. se envolveu em problemas com a justiça. O ex-piloto foi preso outras duas vezes por dirigir alcoolizado, em 2007 e 2011. Ainda em 2002, 'Little' Al foi preso após um incidente de violência doméstica com a então namorada - ele também estava alcoolizado na ocasião. Unser Jr. já admitiu que sofre de alcoolismo.


Vencedor da Indy 500 em 1992 e 1994 e campeão da Indy em 1990 e 1994, Unser Jr. atualmente tem a função de consultor da Harding, que colocou Colton Herta no Fast Nine do último domingo e já ganhou uma corrida na temporada 2019.

"Toda a organização Harding Steinbrenner Racing está triste com a notícia da prisão de Al Unser Jr. com uma acusação de OWI. Alcoolismo é uma doença e uma batalha contínua para aqueles que lutam contra ela. este momento, estamos juntos a Al em todas as formas que ele precise", divulgou a equipe em comunicado de imprensa.
 
A Indy 500, aliás, acontece no próximo domingo, 26 de maio, e terá Simon Pagenaud na pole-position e Ed Carpenter e Spencer Pigot ao lado dele na primeira fila. Fernando Alonso, que ainda busca a Tríplice Coroa do automobilismo, não conseguiu classificar e foi eliminado no Bump Day - como Unser também, em famosa zebra da edição 1995.



Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.