Em dia quase perfeito da Andretti, Kellett garante pole inédita das 100 Millhas de Indianápolis. Franzoni é quarto

Alheio à briga pelo título, Dalton Kellett surpreendeu e garantiu o primeiro posto na largada da prova de suporte à Indy 500. Em meio aos líderes do campeonato, Colton Herta foi apenas sexto. Victor Franzoni é quarto

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Em meio à acirrada briga entre Colton Herta, Pato O’Ward e Santi Urrutia na Indy Lights, veio de uma surpresa a chance de largar na frente nas 100 Milhas de Indianápolis. A classificação para a prova, que ocorre no Carb Day desta sexta-feira (25), tive a presença de oito carros, incluindo o estreante na temporada Davey Hamilton Jr., e consagrou a pole inédita de Dalton Kellett, num dia em que a Andretti obteve um desempenho quase perfeito, não fosse a sexta colocação de Herta.

Sétimo colocado na temporada, Kellett se igualou a Aaron Telitz como um dos únicos dois pilotos a tirar a pole das mãos da dupla que lidera o campeonato. O’Ward larga em segundo e busca melhorar sua sorte em Indianápolis, após desempenho ruim no traçado misto. Ryan Norman, que está logo atrás de Victor Franzoni no campeonato, ocupa a terceira posição no grid e completa o pódio para a Andretti, seguido diretamente pelo brasileiro.

Dalton Kellett garantiu a pole das 100 Milhas de Indianápolis (Foto: Reprodução/Twitter)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Os principais rivais de O’Ward na briga pelo título, porém, não obtiveram bom desempenho na tarde. Urrutia, que possui seis pontos a menos que os 145 de Pato, foi quinto, sendo seguido pelo vice-líder, Herta, em sexto. O desempenho de Herta contrastou com suas duas vitórias na etapa passada, que permitiram-no diminuir em 26 pontos a diferença para o mexicano. Agora, o dono do #98 largará no fim do pelotão e, se almejava assumir a ponta nesta sexta-feira, talvez possa se contentar em defender a segunda colocação das investidas de Urrutia.

Em sétimo lugar, Hamilton Jr evitou a última colocação na sua primeira largada pela Lights desde 2016. A lanterna, entretanto, ficou com o experiente Telitz, que não conseguiu colocar sua Belardi à frente de nenhum competidor.

A largada para as 100 Milhas de Indianápolis está marcada esta sexta-feira (25), durante o Carb Day. A corrida de suporte à Indy 500 se inicia às 13h05 (de Brasília).

O GRANDE PRÊMIO cobre IN LOCO os eventos no Indianapolis Motor Speedway com o repórter Gabriel Curty e com o fotógrafo Rodrigo Berton. Acompanhe o noticiário aqui.

Confira como foi a classificação

Primeiro a ir à pista, Davey Hamilton Jr acelerou no lendário oval de Indiana para se reencontrar com a Indy Lights, onde não corria desde a última etapa de 2016. Logo, o piloto único da Pelfrey fez suas duas voltas e cravou o tempo total de 1min33s1183.

Iniciando o dia da Andretti com surpresas, Dalton Kellett logo cravou uma expressiva volta de 46s0633. Sendo o único piloto a manter velocidade média acima das 195 mph, o bom desempenho no segundo giro foi natural, de modo que o pole terminou o dia com 1min32s2947 e acompanhou o fim da sessão sem grandes ameaças.

Sexto no campeonato, Aaron Telitz foi o terceiro piloto a tentar a sorte. O americano não conseguiu impor um bom ritmo e, com a pior velocidade média e pior volta do dia, seu tempo foi de 1min33s1346, levando-o à última colocação.

Colton Herta não obteve bom desempenho e largará em sexto (Foto: Reprodução/Twitter)

Perseguidor direto de Victor Franzoni no campeonato, Ryan Norman foi o segundo piloto da Andretti a sair dos boxes. Norman obteve bom ritmo e chegou a ocupar, antes dos giros de O’Ward, a segunda posição no grid. Porém, o tempo 1min32s7499 deu ao americano apenas o terceiro lugar. Franzoni, que veio logo depois, correu sabendo o que precisava fazer para largar na frente de seu adversário. O brasileiro, porém, ficou por pouco acima do rival, com o tempo de 1min32s7552 — os 0s0053 de diferença colocaram-no no quarto posto.

A participação dos principais candidatos ao títulos começou com Santiago Urrutia. O uruguaio fechou o dia ruim da Belardi com a quinta posição. Urrutia obteve o tempo de 1min32s7659 e larga atrás de Franzoni. Vindo logo após, Pato O’Ward, todavia, não demonstrou problemas em seu primeiro treino classificatório no oval. Pato fez a segunda melhor volta do dia e garantiu a marca de 1min32s3548, qualificando-o para a primeira fila.

Fechando os trabalhos da Lights no dia, veio Colton Herta. Com três carros da Andretti na liderança da sessão e vindo de duas vitórias no circuito misto, Herta parecia destinado a cravar um bom desempenho e seguir brigando pelo campeonato. O dono do #98, porém, foi de longe o pior da sua equipe e sequer conseguiu andar acima da média de 194 mph. Logo, o americano registrou, com 1min32s8927, o terceiro pior tempo e largará em sexto.

TEM LENHA PRA QUEIMAR

CASTRONEVES SENTE FALTA DA INDY E MERECE ESTAR NO GRID

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube