Empolgado após teste, Pagenaud não descarta participar dos X Games na categoria Global Rallycross

Simon Pagenaud afirmou que a prioridade para 2013 é disputar a temporada completa da Indy, mas admitiu que pode participar de alguma etapa do Global Rallycross, já que ficou empolgado com o campeonato

Simon Pagenaud pode ser mais um piloto a trocar os carros de fórmula pelo Rali. No entanto, ao contrário de nomes como Kimi Räikkönen, que optaram pelo WRC, o francês está disposto a dar uma chance ao Global Rallycross, modalidade dos X Games, que em 2012 ganhou uma temporada separada, atraindo atletas de diversos esportes radicais.

Na última semana, o gaulês testou o carro usado por Brian Deegan na conquista do vice-campeonato de 2012 e admitiu que gostaria de participar do certame, principalmente dos X Games. O piloto disse, ainda, ter ficado impressionado com a potência do equipamento.

“Eu sempre fui o grande fã do rali, mas é o rallycross que está se tornando cada vez mais popular nos Estados Unidos. Os carros têm cerca de 600 hp, e os espectadores acompanham corridas emocionantes em circuitos que são metade terra e metade asfalto, em arenas em que podem ver toda a pista”, declarou.

Tanner Foust foi o campeão do Global Rallycross em 2012 (Foto: Facebook/Global Rallycross)

Apesar da experiência, Pagenaud admitiu que a prioridade é competir na Indy – onde corre para a equipe de Sam Schmidt –, embora isso não signifique que não possa participar de uma etapa ou outra do campeonato.

“Eu sou um piloto curioso por natureza e estou começando a experimentar o rallycross. Minha prioridade é a Indy, claro, mas eu não descartaria uma participação nos X Games no futuro próximo ou então em alguma outra etapa. Junto com Sam Schmidt, o teste da última semana me deu a chance de experimentar a categoria em primeira mão”, encerrou.

A edição de 2012 do Global Rallycross teve Tanner Foust como campeão e contou com a presença de Sébastien Loeb nos X Games. Na ocasião, o piloto da Citroën terminou com o X de ouro.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube