Indy

Eves bate McElrea na última volta em Indianápolis e mantém 100% na USF2000. Tomaselli fecha em 10º

Braden Eves levou a melhor em um excelente duelo com Hunter McElrea na última volta da corrida 1 da USF2000 em Indianápolis. Assim, o americano segue imbatível em 2019. Bruna Tomaselli chegou no 10º lugar, enquanto Dudu Barrichello abandonou quando era sexto

Grande Prêmio / GABRIEL CURTY, de São Paulo
Braden Eves continua imbatível na temporada 2019 da USF2000. Só que a vitória na corrida 1 de Indianápolis nesta sexta-feira (10) foi muito mais complicada. O americano largou bem e dominava a corrida até Hunter McElrea aparecer. O neozelandês complicou bastante as coisas e só foi superado nas últimas curvas, em belo duelo vencido por Eves.

Com os dois andando tanto tempo lado a lado e quase até se tocando, o terceiro colocado acabou chegando colado. O mexicano Manuel Sulaimán manteve o bom início de temporada e conseguiu completar o pódio.

Colin Kaminsky chegou em quarto, seguido por Cameron Shields. A sexta colocação foi do impressionante Darren Keane, que largou em segundo, caiu para último com um toque na largada e fez bela recuperação.

Zach Holden foi sétimo, seguido por Anthony Famularo, Alex Baron e Bruna Tomaselli. A brasileira, com a décima posição, manteve a escrita de fechar todas as provas do ano até aqui no top-10. Dudu Barrichello brigava até por top-5, mas recolheu na penúltima volta com problemas.
Braden Eves venceu mais uma (Foto: USF2000)
Confira como foi a corrida 1 da USF2000 em Indianápolis

A primeira corrida da USF2000 em Indianápolis começou um pouco depois das 15h45 (em Brasília). Braden Eves saiu muito bem e contornou a curva 1 sem muitos problemas. Só que logo atrás veio o tumulto, com Darren Keane e Manuel Cabrera se encontrando, rodando e caindo para as duas últimas posições.
 
Chamou a atenção as largadas espetaculares dos dois brasileiros do grid. Dudu Barrichello foi de 15º para sexto, enquanto Bruna Tomaselli saltou da 17ª posição para a décima, disposta a manter o 100% em top-10 em 2019.
 
Eves ia escapando do pelotão, mas tinha a companhia de Hunter McElrea, que estava bem rápido. Colin Kaminsky tirou Dudu de sexto, enquanto Dakota Dickerson teve problemas e, assim, promoveu Bruna para a nona posição.
 
Lá no fundo do grid, chamava a atenção a tentativa de reação dos dois ponteiros que se envolveram no acidente no início. Keane já surgia em 12º, enquanto Cabrera era 16º.
 
Ainda que McElrea tivesse um ritmo bom, o neozelandês não parecia ter o suficiente para desafiar Eves. Acontece que, na volta 9, Hunter partiu para cima de Braden e não tomou conhecimento do líder do campeonato, pegando a ponta da corrida.
 
Dudu também retomava a sexta posição ao bater Jack Miller, firme em sua melhor corrida na categoria, de longe. Bruna, por outro lado, sofria com carros mais velozes atrás e caía para o 12º lugar, com Keane já entrando no top-10.
 
As últimas duas voltas foram absolutamente caóticas. Dudu entrou nos boxes com problemas e abandonou a disputa, enquanto Miller e Jak Crawford se acharam na pista e também ficaram de fora, o que fez Bruna voltar ao top-10.
 
Só que lá na frente a batalha foi até a última curva. Eves não desistiu e tomou o primeiro lugar de McElrea, mas o troco veio e os dois foram lado a lado quase que até a linha de chegada, com o americano se dando melhor e mantendo o 100% na temporada.


 
A partir do GP de Indianápolis, o DAZN vai transmitir as corridas da temporada 2019 da Indy. Experimente grátis por um mês e assista quando e onde quiser.
 
Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.