Ferrucci acerta Askew no fim, e vitória virtual em Indianápolis cai no colo de McLaughlin

A última etapa do iRacing Challenge da Indy foi espetacular e polêmica. No oval de Indianápolis, uma prova cheia de disputas e acidentes até os metros finais, com Scott McLaughlin passando ileso e levando a vitória no último instante ao ver Santino Ferrucci jogar o carro em Oliver Askew

A Indy encerrou sua série de etapas virtuais com uma corrida no oval de Indianápolis absolutamente movimentada. Nas 70 voltas neste domingo (2), emoção pura, mas um final que misturou suspense com polêmica. Na reta derradeira, Santino Ferrucci jogou o carro em Oliver Askew, com quem disputava a vitória. Os dois bateram e, assim, Scott McLaughlin acabou triunfando.
 
Foi a segunda vitória do piloto da Penske que correu com a Pirtek no iRacing Challenge da Indy, mostrando adaptação bem rápida à categoria e aos ovais. Ao todo, foram 175 milhas percorridas, perto de um terço da distância verdadeira da Indy 500.

McLaughlin bebe seu leite após vencer a corrida (Foto: Reprodução)
O que mais chamou a atenção na prova foi a quantidade de acidentes generalizados. Na última volta, além da manobra nada ortodoxa de Ferrucci para cima de Askew, Pato O'Ward também bateu em Marcus Ericsson, em outro duelo que poderia ter decidido o vencedor. McLaughlin, no fim, foi de quinto para primeiro em alguns metros sem ultrapassar ninguém.

Com os ânimos um pouco mais calmos, Ferrucci pediu desculpas na entrevista e assumiu a culpa pela batida. Askew, sem parecer levar muito a sério a polêmica, escreveu em tom de brincadeira no Twitter que Santino estava lhe devendo um copo de leite, símbolo dos vencedores da Indy 500.
 

Outro incidente bizarro foi com Lando Norris, que liderava a corrida com três voltas para o fim quando encontrou um Simon Pagenaud retardatário quase parado em sua frente. O inglês bateu na traseira do francês e rodou na curva 4, com o carro todo danificado e ficando pelo caminho.

A Indy 175 virtual teve de tudo (Foto: Reprodução)
Conor Daly, que sequer apareceu na parte da frente da corrida em qualquer uma das 70 voltas, completou milagrosamente em segundo, seguido pelos acidentados Ferrucci, Askew e O'Ward. Sébastien Bourdais, Ryan Hunter-Reay, Zach Veach, Felix Rosenqvist e Scott Dixon fecharam o top-10.

Helio Castroneves, que largou da última colocação, completou a corrida em 16º, uma volta atrás dos primeiros colocados. Tony Kanaan foi acertado em um acidente logo no início com Jack Harvey e Álex Palou e acabou abandonando a disputa.

O acidente mais feio do dia ficou por conta de Sage Karam, que colidiu com Josef Newgarden, Palou e Ed Carpenter e foi parar na grade de proteção. Aliás, vários pilotos tiveram acidentes bem feios, com muitos carros voando, praticamente metade do grid passou pela experiência no virtual de Indianápolis.


 
Aproveite e siga o canal do GRANDE PRÊMIO no YouTube.

Paddockast #59
DUPLA IMPLACÁVEL: Daniel Serra e Ricardo Maurício

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube