Indy

Ferrucci rebate queixa de Newgarden por manobra em Gateway: “Também estou competindo”

Santino Ferrucci explicou que se desculpou com Josef Newgarden logo após a corrida em Gateway, mas entende que não agiu mal ao voltar para a linha rápida da corrida pois estava sem aderência e porque, mesmo fora da briga pelo título, tem seus interesses no campeonato

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
Santino Ferrucci foi um dos grandes nomes do GP de Gateway da Indy, mas se envolveu em um lance polêmico na última curva da corrida. Pressionando Tony Kanaan por um lugar no pódio, o americano viu a porta fechar e foi para o lado sujo da pista, perdendo o controle, velocidade e voltando bruscamente para a linha mais rápida do traçado. Isso fez Josef Newgarden ter de puxar para dentro para não bater e, consequentemente, rodar e quase ir parar no muro, caindo de quinto para sétimo. O líder do campeonato não gostou e criticou a manobra do novato, que se defendeu falando que disputa tanto a temporada quanto o rival da Penske.
 
Em suas redes sociais, nesta segunda-feira (26), Santino revelou que pediu desculpas a Newgarden após a prova, mas acha que não fez nada de errado e, principalmente, que não deve ter cuidado maior com Josef por se tratar de um postulante ao título.
 
"Ok, duas coisas. Primeiro: eu pedi desculpas a ele [Newgarden] e eu estava saindo da parte suja da pista, não bati e nem iria bater no muro. Segundo: era a última volta, última curva. Não iria simplesmente deixar ele passar! Sou um corredor, tenho um campeonato a disputar e estou competindo também", argumentou em post nas redes sociais.
Santino Ferrucci se defendeu (Foto: Indycar)
Após a prova, Ferrucci falou da sensação de ter puxado a fila em boa parte da corrida e mostrou foco em bater Felix Rosenqvist, Colton Herta e Marcus Ericsson para ser o melhor rookie da temporada.
 
"Eu me diverti muito liderando esta corrida. Ter pista livre e impor ritmo, correr nos seus traçados e não ter que pensar, só aproveitar. Mas agradeço o time. Tivemos um carro vencedor hoje, foi falta de sorte ser pego pela amarela. No final, eu estava correndo muito rápido para ficar no top-3. Eu realmente tentei trazer uma recompensa para o time. Nem tudo foi do nosso jeito, mas estou feliz que ficamos em quarto e conseguimos pontos na disputa de Novato do Ano, e pulamos para 9º no campeonato", relatou o novato da Dale Coyne após a prova.
 
 

Paddockast #30
SHOW DO MILHÃO!


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.