Foyt valoriza desempenho de Bourdais em Barber, mas reitera: “5º lugar não nos satisfaz”

A.J. Foyt elogiou o grande desempenho de Sébastien Bourdais no GP do Alabama da Indy, mas reiterou que quinto lugar não é suficiente para o que a equipe almeja com o francês tetracampeão

O onboard de Ryan Hunter-Reay (Vídeo: Divulgação/Andretti)

Sébastien Bourdais certamente foi um dos grandes destaques da etapa da Indy no Alabama. O veterano francês largou da 16ª colocação e levou a Foyt ao quinto lugar na bandeira quadriculada, até liderando voltas do GP que teve o espanhol Álex Palou como vencedor, com a Ganassi.

Após a corrida, o tetracampeão valorizou o esforço para levar a Foyt novamente ao top-5, feito realizado no GP de São Petersburgo de 2020, quando fechou no quarto lugar. Bourdais, inclusive, mostrou ansiedade pela corrida nas ruas da Flórida, que é a próxima do calendário. Ele triunfou em St. Pete em 2017 e 2018, ainda como representante da Dale Coyne.

“Um dia muito sólido e uma corrida muito sólida, boa estratégia, bons pit-stops e bom ritmo, então estou bem feliz pelo time. Superamos um dia muito ruim largando de 16º e conseguimos dar um bom show. Fizemos várias ultrapassagens, estou bem feliz por todos. E muito ansioso para St. Pete”, disse Bourdais.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Bourdais ficou no top-5 no GP do Alabama (Foto: Indycar)


GUIA INDY 2021
+ Grid cheio, Penske e Ganassi em expansão: as equipes e pilotos da Indy
+ Enzo Fittipaldi troca Europa por Estados Unidos e mira título na Pro 2000
+ Porto mira estabilidade e luta “de igual para igual” por título da USF2000

+ Grosjean é cereja no bolo do intercâmbio recente de Fórmula 1 com Indy
+ Novatos ‘fakes’, Johnson e McLaughlin encaram realidades distintas
+ “Mais completo do que nunca”, Castroneves mira pódios com Meyer Shank

Heptacampeão da Indy, A.J. Foyt também valorizou a performance do piloto francês, que após ter um cronograma prejudicado pela pandemia em 2020, assinou para correr a temporada completa pela equipe em 2021, já trazendo bons resultados. A última vitória do time na Indy aconteceu em 2013, com Takuma Sato no GP de Long Beach.

“Fiquei feliz por ver o #14 liderando a corrida, faz tempo que não vemos isso. Sébastien fez um baita trabalho, teve pequenos danos pelo acidente na primeira volta, mas voltou e fez uma grande corrida. O time fez um bom trabalho nos pit-stops e Larry fez ótimas chamadas. Quinto não é o que estamos satisfeitos, mas vamos melhorar”, concluiu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube