Indy

Garoa atrapalha e impede carros de irem à pista na abertura dos treinos livres da Indy 500

A Indy vai ter um primeiro dia de treinos livres para as 500 Milhas de Indianápolis bastante afetado pela instabilidade climática. A primeira bandeira amarela já dura mais de duas horas e pouco permitiu que os veteranos fossem à pista

Grande Prêmio / Redação GP, do Rio de Janeiro
O primeiro dia de treinos livres para as 500 Milhas de Indianápolis, esta quarta-feira (24) será bastante prejudicada pela chuva. Após apenas 30 minutos de teste com os pilotos veteranos e que disputam a temporada integral da Indy, a água apareceu e causou uma bandeira amarela que já dura duas horas.
 
É verdade que o treino tem sete horas de duração, mas preocupação está na previsão do tempo: instabilidade climática para todo o dia.
Situação da chuva no IMS (Foto: Reprodução)
Os pilotos ainda sentiam a pista nos primeiros minutos, então os tempos não são tão dignos de nota, mas foi Ed Carpenter, com 40s757, o mais rápido no período. Apenas dez pilotos anotaram voltas rápidas: só quatro abaixo de 1min.
 
O treino está estabelecido com as primeiras duas horas, das 12h às 14h (de Brasília), marcada para os experientes; os novatos e que correm apenas em Indianápolis tomam o traçado entre 14h e 16h; ao fim, a pista fica liberada para todos das 16h até as 19h. 

O GRANDE PRÊMIO acompanha o dia de treinos com transmissão AO VIVO.